Colômbia: Pastor está desaparecido há um ano

Colômbia: Pastor está desaparecido há um ano

Atualizado: Sexta-feira, 25 Setembro de 2009 as 12

Hoje, 25 de setembro, faz um ano que o pastor William Reyes desapareceu ( acompanhe o caso ).  Sua esposa Idia, e seus filhos, William (19), Nelly (17), e Stephanie (10), passaram por 12 meses de incerteza e dificuldades econômicas. Mas eles têm experimentado respostas milagrosas às orações, o que tem fortalecido sua fé.

Em janeiro, quando Idia estava em Bogotá, alguém tentou sequestrar Nelly, em sua cidade natal. Um homem se aproximou dela e a agarrou pelo braço. O estranho lhe disse que, se ela quisesse saber onde seu pai estava, deveria ficar quieta e fazer conforme ele lhe falava.

Enquanto era levada rua abaixo pelo estranho, uma mulher que freqüenta a mesma igreja que a família a viu, e sentiu que havia algo de errado. Sem hesitar, ela se aproximou deles e tirou Nelly das mãos do homem.

O Exército deveria estar cuidando da proteção da família. No entanto, depois desse incidente, os líderes da denominação da família, a Igreja Inter-Americana, decidiram agir.

A diretoria nacional notificou Idia de que ela e seus filhos iriam mudar de cidade. A denominação pagaria seis meses de aluguel e lhes daria US$ 177 como ajuda mensal. Assim, no dia 3 de abril, a família se mudou de casa.

Depois de um tempo, as coisas pareceram piorar para a família Reyes. No dia 15 de junho, nove meses depois do desaparecimento do pastor, Idia recebeu um telefonema de um estranho, que pedia dinheiro em troca de seus serviços para encontrar William. O homem sugeriu que Idia fosse a Sierra Nevada de Santa Marta, na costa norte do país, para descobrir o que aconteceu ao marido dela. Supostamente, a cidade é para onde grupos armados ilegais levam seus reféns.

Idia se recusou a ir e a dar o dinheiro. Ela teria de ir ao Departamento de Guajira para se encontrar com a pessoa e lhe dar o dinheiro para iniciarem os arranjos. Mas ela sabia que não seria pelas vias corretas.

Outro incidente recente, que afetou muito a família, aconteceu há algumas semanas. Enquanto Nelly fazia algumas tarefas pela cidade, ela percebeu que dois homens a haviam seguido a tarde inteira.

Ao sair do banco, Nelly notou que já havia visto os dois homens que estavam atrás dela. Eles a seguiram até uma loja em que ela entrou, e a esperara do lado de fora. Eles não se moveram de onde estavam, e Nelly teve de esperar por quase três horas até perceber que eles estavam distraídos. Vendo a oportunidade, saiu correndo da loja.

Mais tarde, na fila para pegar o ônibus, os mesmos homens pegaram a fila e entraram no mesmo ônibus. Preocupada, Nelly pediu ao Senhor para livrá-la, e logo sua oração foi atendida. O ônibus parou para deixar alguns passageiros entrarem e Nelly saiu um pouco antes de as portas fecharem.

Ainda não se sabe do paradeiro do pastor William Reyes, que completou 42 anos de idade em maio passado.

veja também