Coluna Herbert e Desiré Lucas - Missionários em Guiné-Bissau

Coluna Herbert e Desiré Lucas - Missionários em Guiné-Bissau

Atualizado: Sexta-feira, 27 Fevereiro de 2009 as 12

Có,  fevereiro de 2009

"Em tudo somos afligidos , mas não angustiados"  (2 Cor. 4.8).

Amados, que a graça e a paz do Senhor sejam abundantes sobre suas vidas!                                                                         

Agradecemos por suas orações e apoio financeiro que têm nos dado condições para permanecermos mais este ano aqui para realizar o trabalho do Senhor.

Vamos às notícias :

O PAÍS: O povo guineense está com grande esperança no novo governo que tomou posse no mês de janeiro. O governo é novo , porém, os problemas do país são velhos e muitos. Sabemos que somente com a ajuda de Deus, Guiné Bissau ultrapassará a grave crise social e econômica .

A IGREJA: Apesar dos ventos contrários e constantes, o Senhor nos tem feito permanecer e prevalecer. Temos visto a graça do Senhor manifestar-se na vida dos irmãos e temos nos encorajado mutuamente. A pressão da cultura é muito forte e há situações que nos deixam perplexos. Há alguns dias, Tia Amélia (Dona) esteve muito doente e naqueles dias o inimigo levantou-se com fúria contra ela com aparições e pesadelos. Trouxemo-la aqui para casa para tratar de sua saúde e dar cobertura espiritual. O Senhor restaurou sua saúde e deu vitória sobre o inimigo. O que a entristece muito é a atitude de alguns de seus familiares que a desprezam  desde que ela se converteu. Ela sabe que tem pouco tempo de vida, mas fala sempre que sua vontade é que na sua morte o nome de Deus seja glorificado .

Temos discipulado também uma senhora da etnia Papel, Cristina, que  não pode andar devido a uma queda que sofreu há uns anos. Ela já conhecia o Evangelho, mas dizia que não podia se converter porque era guardiã de um Irã (espírito). Uma certa noite teve a visita de um espírito e pensou que iria morrer. Disse a seu sobrinho que queria entregar sua vida a Jesus. Dois irmãos foram a sua casa para orar com ela e, no momento, ela  disse que  tinha mudado de idéia e não podia abandonar o Irã. Alguns dias depois ela  sofreu novo ataque e, por fim, tomou a decisão de seguir a Cristo. Temos orado para que Deus faça um milagre e ela volte a andar.

No mais, os trabalhos nas tabancas continuam. Muitos são os desafios e poucos os trabalhadores. Na páscoa teremos um grupo de jovens que virá de Bissau e uma campanha de evangelização. Nosso alvo para este ano é a construção do templo definitivo.                                                    

Louvem a Deus pelas vitórias e orem por estes assuntos,  relatados e pelos pedidos abaixo :

- Por nossas vidas: saúde, proteção, direção, renovação física e espiritual e livramento nas estradas ( Herbert leva o Natã à escola, em Bissau,  todos os dias );

- Pelo novo governo; o ministro das finanças está empenhado na luta contra a corrupção;

- Pelo crescimento da igreja e fortalecimento diante das pressões, e por constante renovo espiritual;

- Por recursos para construção do templo e necessitamos trocar nosso carro ;

- Pela JAMI: Nossos líderes e obreiros de base, diretoria, novos alunos do curso de Missões.

No amor do Pai, seus missionários,

Herbert, Desiré e Natã Lucas

Guiné Bissau

JAMI- CBN

Herbert, Desire e Natã Lucas são missionários da JAMI-CBN em Guiné-Bissau.

veja também