Coluna - Isabel Dutra: Mês de Missões

Coluna - Isabel Dutra: Mês de Missões

Atualizado: Quinta-feira, 25 Setembro de 2008 as 12

Coluna - Isabel Dutra

Mês de Missões

Amados, estou escrevendo algo que Deus colocou em meu coração, o que tem muito a ver com o mês de Setembro, mês que muitos de nós comemoramos como o "Mês de Missões".  

A Palavra de Deus diz que se pedirmos, vamos receber, se batermos, a porta se abrirá. E em uma outra passagem, a Bíblia diz que não sabemos pedir, que pedimos mal, pedimos para o nosso próprio benefício. Analisando estas passagens, eu estava pensando: "O que temos pedido a Deus?". Claro que se formos perguntar a alguém a lista seria enorme: família, saúde, estudos, trabalho, dinheiro e por aí vai...

Mas se formos olhar para o reino de Deus  e suas promessas, estas bênçãos seriam conseqüências de uma vida, de uma busca séria ao Senhor Jesus e um compromisso sincero em expandir o seu Reino. Promessas que estão baseadas no seguinte verso: "Buscai em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça e as demais coisas voz serão acrescentadas". Quer dizer, não precisaríamos nem pedir, estas bênçãos seriam conseqüências do nosso relacionamento intimo com Deus, obedecendo à sua palavra  e expandindo o seu Reino, certo? 

Estamos no "Mês de Missões", varias denominações no Brasil, e ao redor do mundo, enfatizam Missões durante o mês de Setembro. Orações são elevadas a Deus em favor dos missionários, dos campos onde estão atuando e até oferta extras são levantada e enviadas. E para dizer a verdade, eu sinto a diferença, sinto peso sendo levantado, portas sendo abertas, pessoas mais sensíveis à pregação do Evangelho e até mesmo algumas ofertas extras depositadas, que dificilmente constam no meu extrato bancário. E realmente é uma benção. Os irmãos direcionados, determinados a fazerem do mês de Setembro um marco na vida dos missionários. Porém, setembro ocorre uma vez só por ano e são somente 30 dias. E os outros 335 dias? O que fazemos? 

Durante o mês de Setembro, batemos constantemente na porta. Pedimos as mais impossíveis bênçãos para o missionário e o campo onde atua. E Deus, que não é homem para mentir, derrama unção fresca sobre os missionários. Toca o coração do perdido nas trevas e do afundado no pecado, convencendo-os da justiça e do juízo, abençoa a vida do missionário e de seus familiares nas mais diferentes áreas. A obra prospera, cresce um pouco mais. Tudo porque o seu povo, o seu exército se colocou em posição de guerra, em um só objetivo: lutar conta as forças das trevas. Orando, intercedendo, expulsando o espírito de avareza, investindo ainda mais financeiramente na expansão do Reino de Jesus Cristo, o Filho do Deus Vivo, e o Único que pode nos salvar e nos dar certeza de Vida Eterna com Deus. 

A minha conclusão é a seguinte: se o impacto na vida do missionário e do campo onde atua é forte durante o mês de setembro, por que não deixar este espírito que nos envolve em setembro, nos envolver os outros 335 dias do ano? E levar o missionário e o campo em que atua a ser um campo abençoado, próspero, para que possamos abençoar outros campos, outros missionários. 

Vamos pedir com inteligência, vamos pedir almas, nações, tribos, povos, tesouro este que a traça e a ferrugem, com certeza, não irão corroer. E o seu galardão, a sua coroa, não precisará ficar fechado a sete chaves em algum banco de segurança, para que não venha a ser roubado, mas o mesmo terá valor eterno! Vamos orar, vamos contribuir, sem pena, sem dó, mas sim com muito amor e compromisso com Aquele que tem nos dado infinitamente mais do que pedimos e merecemos! 

Neste próximo sábado vamos estar realizando um evento evangelístico com o "King's kids". Será uma tarde de Louvor e Adoração, estamos muito animados e orando por uma ótima colheita, em nome de Jesus. Ore conosco! Não deixe também de orar pelos nossos irmãos na Índia!

Isabel Dutra é missionária da JOCUM (Jovens com uma missão) e professora de inglês. Nascida em Minas Gerais, já atuou em missões na Inglaterra e atualmente está no Japão.

veja também