Coluna - Jorgina Mikita Pawlak: O nascimento de Jesus ...

Coluna - Jorgina Mikita Pawlak: O nascimento de Jesus ...

Atualizado: Segunda-feira, 15 Dezembro de 2008 as 12

Coluna - Jorgina Mikita Pawlak

O nascimento de Jesus ...

"Então Maria  deu à luz o seu primeiro filho. Enrolou o menino em panos e o deitou numa manjedoura, pois não havia lugar para eles na pensão." - Lucas 2. 7

Recentemente, acabei de ler a obra de Carolyn James, intitulada "Mulheres Esquecidas da Bíblia", publicada no Brasil pela Editora Vida; o livro relata as histórias de Eva, Sara, Ana e Maria de Nazaré, entre outras.  Maria de Nazaré é assim descrita por Carolyn James, "era apenas uma adolescente quando apareceu pela primeira vez na Bíblia. As mensagens natalinas falam com ternura do nascimento de Jesus e mencionam de passagem a pouca idade de Maria, mas não acredito que esse aspecto receba a atenção merecida. Falando de forma mais incisiva, os propósitos redentores de Deus para a humanidade estavam pendurados pelo fio tênue de uma jovem judia de 13 ou 14 anos. Quem acreditaria que esse fio pudesse ser tão resistente? Maria tinha uma fé determinada em Deus e dispôs-se a aceitar seu plano, um plano belo e doloroso. Apesar de ser apenas adolescente, ela era uma guerreira-ezer. Era uma combatente e sabia disso."

Na celebração do Natal de 2008, encontraremos milhares de mães adolescentes; mães que perderam a coragem, mães que não esperam mais nada do nascimento de Jesus, mães completamente desesperadas com as responsabilidades da maternidade ... que não sabem o que fazer, como agir, que ainda escrevem cartas para o Papai Noel pedindo bonecas!

Mães adolescentes com lágrimas nos olhos  e filhos sempre famintos; filhos apenas de mães: mães sufocadas pela maternidade e paternidade; "eu tenho que ser mãe e pai. O pai da minha filha nem registrou a coitadinha!" Essa frase se multiplica nos cortiços do centro da cidade de São Paulo e em toda a periferia. Podemos ouvi-la também em espanhol na América central. São ninãs pobres. Meninas pobres filhas de mães solteiras que se tornam mães solteiras, meninas que jamais serão guerreiras, porque desconhecem a essência do heroísmo. Na América Central e em alguns países da América do Sul, "los sueños de las niñas pobres, son apenas sueños que se reflejan en las tinieblas, en llamas de una conquista mas allá de las estrella. Así mismo, existem corazones solitarios perdidos mas allá de las montañas, perdidos mas allá de la vida, conviviendo con la desgracia y el triunfo, en los sueños y pesadillas de noches sin estrellas ". Noites sem estrelas, casas sem janelas, vidas sem propósito.

Na celebração do Natal de 2008, vamos orar pelas milhares de mães adolescentes que se encontram completamente perdidas, mães que devem ser preparadas espiritualmente para a nobre missão de educar uma criança com amor. Mães que necessitam da suave brisa que vem do Senhor: "la brisa acaricia ba los rostros de quellas niñas-mujeres sin miedo, ellas no tenian miedo porque no lo conocian".

O Nascimento de Jesus na pobre manjedoura de Belém concretizou o imenso amor de Deus ... pelos povos de todas as nações!

Feliz Natal!

Feliz Navidad!

Shalom em 2009!      

Jorgina Alexandra Mikita Pawlak é diretora presidente da Organização Neo Humanitarismo Universalista. Pós-Graduada em Direito Talmúdico, pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.  

E-mail para contato: [email protected]

Mais informações:

www.literaturaparacriancas.com.br

www.irmasmikitas.zip.net  

Foto: Andréa Stutz

veja também