Coluna Silvia Octaviano - missionária na África do Sul

Coluna Silvia Octaviano - missionária na África do Sul

Atualizado: Quarta-feira, 20 Maio de 2009 as 12

Já não é de agora que eu paro para pensar em todas as coisas que escolho fazer ao mesmo tempo - como se ser mãe sozinha de uma filha adolescente não fosse trabalho suficiente! A verdade é que eu AMO tudo o que faço e não me importo de parecer alguém fora dos padrões do "trabalho de segunda à sexta das 8h às 17h" - afinal, eu escolhi o trabalho missionário transcultural justamente porque decidi dedicar todo o meu tempo para criar pontes. É como eu me vejo: sou uma construtora de pontes. Percebo aqui e ali uma necessidade ou outra que pode ser suprida por essa ou aquela pessoa, ou pessoas aqui e ali que buscam soluções que podem ser encontradas lá ou acolá. Passo os meus dias tentando conectar pessoas a soluções. Afinal, não é esse o principal mandato cristão, proclamar, sim, que há solução para a perdição eterna? Somos reconectados a Deus, graças a Jesus - esse, sim, a Ponte.

As oportunidades de compartilhar da salvação em Cristo Jesus só aumentam. Abril começou com mais de 30 interessados nos cursos de digitação, música e costura. Passamos também a promover "Encontros Culinários" no primeiro sábado de cada mês, quando nos reunimos para aprender a preparar pratos fáceis e saborosos; em Abril fizemos quiches, em Maio, diferentes tipos de molhos para macarrão - delícia! Deus tem chamado voluntários da Igreja Presbiteriana de Kenilworth para compartilhar seus dons, e tem sido bom demais ver a participação dos irmãos nas atividades do C-Step.

Gerenciamento Organizacional é o novo módulo no curso de Desenvolvimento Comunitário, que continua interessantíssimo. Em Maio e Junho serei avaliada por uma supervisora nas minhas atividades no C-Step junto à igreja, considerado pelo colégio como meu trabalho prático. Graças a Deus e às oportunidades de convivência e estudo, já consigo ler, escrever e me expressar muito bem em Inglês – só meu sotaque continua fortíssimo, embora tenha gente que ache isso um charme! rsrsrsrs

Um os meus maiores desafios tem sido ajudar na fase inicial do projeto Inglês em Cape Town. A APMT, através do C-Step, firmou parceria com a Igreja Presbiteriana de Kenilworth e uma escola local, SALA-South African Language Academy, para sermos ponte entre obreiros cristãos brasileiros interessados em aprender Inglês em ambiente transcultural e a escola de idiomas em Cape Town. Em Junho receberemos os primeiros alunos dessa nova fase, Rev. Giancarlo e Adriana, missionários da APMT, que virão com os filhos Gianlucas e Sarah para um período de 1 ano de estudos. Em julho chegarão Verônica, do Recife, e Cláudia, de Goiânia. Estrangeiros atendidos pelo C-Step e que tenham interesse em aprender Inglês serão integrados pouco a pouco ao projeto.

A agenda carregada de compromissos tem me impedido, por exemplo, de escrever notícias com a frequencia que eu gostaria. Priorizar e desenvolver relacionamentos tem sido outro desafio. Preciso das suas orações. Não duvido que estou no lugar certo, na hora certa, mas quero ter certeza de estar agindo como Jesus agiria. Que Deus nos dê a graça de continuarmos sendo Suas pontes!

GRANDE abraço.

Sílvia Octaviano é missionária na Cidade do Cabo, África do Sul.

Contato:

http://www.silviaelauranaafrica.blogspot.com/

veja também