Coluna Solange Santos Oliveira

Coluna Solange Santos Oliveira

Atualizado: Sexta-feira, 22 Agosto de 2008 as 12

Faz um ano que estou aqui, em Moçambique. Há mais ou menos uns 10 anos, fui convidada por uma amiga, a hoje pastora Myrian Rosário, para ir a um Acampamento de Missões e aceitei o convite. Lá havia três missionários: um casal que ia para a África - Herbert e Desiré, que estão em Guiné Bissau - e uma da India - Carmem.

Deus falou muito comigo naqueles dias e me mostrou a nação de Moçambique. Ele me disse: "você vai trabalhar com crianças em Moçambique".

Naquela época, procurei conhecer mais sobre Moçambique e hoje estou aqui em uma base americana, fundada pela missionária Haide Backer, há mais ou menos 13 anos.

Como sou enfermeira, faço parte da equipe de saúde. Aqui na base atendemos aos adultos e crianças numa clínica. Veja como é o meu trabalho!

Atendimento da clínica:

Segunda-feira: atendimento às crianças e trabalhadores em geral.

Terça-feira : uma parte das crianças vai para o GATV,  um órgão que cuida e faz acompanhamento de portadores do vírus HIV. À tarde, trabalho no acompanhamento de consultas médicas. A doutora começa a atender às 13 horas.

Quarta-feira: atendimento para crianças, trabalhadores, missionários e comunidade (pessoas das comunidades ao redor). No período da tarde acompanhamos consultas com o doutor para casos mais sérios e graves.

Quinta-feira: atendimento voltado para pastores da escola bíblica, pois a cada três meses inicia uma classe de pastores que vêm de outras províncias para receber treinamento. Neste período eles vivem aqui, dormem, comem e recebem treinamento e atendimento de saúde.

Sexta-feira: atendimento para programa do leite, prioritariamente voltado a ajudar mães com vírus HIV que não podem amamentar. O programa também dá assistência a mães de gêmeos, que são muito comuns por aqui. Por deficiência na alimentação, essas mães não têm leite suficiente para suprir e saciar seus filhos. A cada semana vem um grupo para receber o leite mais atendimento médico.

Embora meu trabalho aqui na base seja mais voltado para clínica, às sextas-feiras, pela manhã, também dou aulas na escola bíblica.

Nos finais de semana trabalhamos com sistema de plantão. Então, em finais de semana alternados estou de plantão para qualquer emergência com as nossas crianças e também com os trabalhadores.

Este centro hoje abriga por volta de 350 crianças órfãs, com idades variando de 15 dias até 15 anos. O centro é composto por uma escola, que além de atender as nossas crianças também atende por volta de 800 alunos da comunidade. Também temos uma cozinha que prepara refeições para mais ou menos 700 pessoas todos os dias, incluindo café da manhã, almoço e jantar. Temos a clínica, a baby house, muitas casas dos internos que chamamos de "camaratas", alojamentos para visitantes e muitas casas de missionários. Somos hoje uma equipe com 34 missionários.

Têm sido tempos de desafios, mas Deus tem me fortalecido e me suprido em tudo. Louvado seja o nome do Senhor!

Motivos de oração:

 

1. Para que eu não venha a ter malária, pois, graças às orações e o poder da intercessão não tive malária neste primeiro ano. E não quero malária. Não preciso de malária!

2. Para que a cada manhã o Senhor esteja me renovando.

3. Para que eu venha a ser verdadeiramente instrumento de Deus na vida de cada um que Ele colocar na minha mão para atender e não só entregar medicamentos. Mas que a cada olhar e a cada toque o Senhor Jesus possa realmente me usar como instrumento Dele para servir às pessoas e para que possam ver Jesus através da minha vida.

4. Para que a provisão de Deus nunca falte e o seu maná fresco desça sobre a minha cabeça a cada manhã.

5. E a cada circunstância difícil que eu venha a enfrentar, que nunca me esqueça de sua promessa  na palavra que diz: "Eu estarei convosco TODOS os dias até a consumação dos séculos" - Mateus 28:20.

Que Deus vos abençoe!

Solange Santos Oliveira é teóloga e missionária. Serve em Maputo, Moçambique, pela Missão Arco-Íris.

veja também