Com saúde debilitada, pastor continua preso na China

Com saúde debilitada, pastor continua preso na China

Atualizado: Quarta-feira, 15 Janeiro de 2014 as 7:50

Com saúde debilitada, pastor continua preso na ChinaCasado e pai de três filhos pequenos, Alimjan Yimit foi preso em razão de suas ações evangelísticas entre os Uigures - grande grupo étnico chinês.
 
O pastor só pode receber visitas de sua esposa uma vez por mês, com 20 minutosde duração, cada - como é de costume nas prisões chinesas.
 
Yimit é cristão, porém de origem muçulmana. Foi condenado a 15 anos de prisão em 2008, sob acusações (falsas) de "fornecer segredos de Estado para organizações estrangeiras".
 
2008 foi um ano marcado por detenções em massa de cristãos e processos contra pastores na China. O objetivo das ações é manter a "estabilidade" e o "poder" do governo.  
 
Yimit apelou para a revisão de sua sentenção, mas em março de 2010, o pedido foi negado.
 
Desde a condenação do pastor, sua esposa, Gulnur tem cuidado dos três filhos.
 
Segundo informações que a Missão Portas Abertas recebeu, Yimit não está bem de saúde e o seu diagnóstico médico exato é desconhecido.
 
Com informações da Missão Portas Abertas

veja também