Cristã egípcia que foi capturada por radicais islâmicos é encontrada pelas autoridades

A jovem foi libertada após ficar semanas presa com os extremistas.

fonte: Guiame, com informações de Portas Abertas

Atualizado: Sexta-feira, 26 Fevereiro de 2021 as 2:03

Cristãs egípcias correm o risco de serem sequestradas para conversão forçada ao islamismo. (Foto Ilustrativa: Portas Abertas)
Cristãs egípcias correm o risco de serem sequestradas para conversão forçada ao islamismo. (Foto Ilustrativa: Portas Abertas)

Uma jovem cristã egípcia de 19 anos, que foi capturada por radicais islâmicos, no início de fevereiro, foi devolvida à família. O sequestro aconteceu enquanto ela voltava do supermercado.

De acordo com testemunhas locais, a jovem é professora da escola dominical na igreja que frequenta. Após o sumiço, suas fotos foram espalhadas nas redes sociais pelos sequestradores, alegando que a jovem teria se tornado muçulmana. 

A família da cristã, que logo percebeu que se tratava de uma conversão forçada, pediu ajuda às autoridades e continuaram  em oração pela sua libertação, de acordo com a Portas Abertas. Após a intervenção policial, a jovem foi levada de volta para a casa da família, ontem (25). 

No Egito, é comum haver sequestros de cristãos. O país ocupa o 16º lugar na Lista Mundial da Perseguição 2021. Embora o governo do Egito fale positivamente sobre a comunidade cristã no país, a falta de aplicação da lei de modo sério e a relutância das autoridades locais em proteger os cristãos os deixam vulneráveis a todos os tipos de ataques.

veja também