Cristão chinês continua desaparecido desde abril

Cristão chinês continua desaparecido desde abril

Atualizado: Sexta-feira, 17 Dezembro de 2010 as 2:13

Uma campanha pela libertação de um advogado detido na China foi lançada. Gao Zhisheng, um advogado cristão conhecido por seu trabalho na área de direitos humanos, foi sequestrado em 2009. O porta-voz da associação China Aid, Mark Shan, informou ao One News Now que o advogado ficou um ano desaparecido. “Durante este tempo Gao foi terrivelmente torturado”, disse Shan.

“Ele foi solto em março desse ano”, continuou Shan. “Então, depois de menos de um mês, desapareceu novamente. O serviço secreto da políca o levou”.

China Aid deu suporte à esposa de Gao e seus dois filhos para deixarem a China e se estabelecerem nos Estados Unidos. Uma petição foi lançada com o fim de pressionar a China para libertar Gao. O fundador da China Aid, Bob Fu, pede que petições sejam enviadas a embaxadas chinesas em todo o mundo.

“Gao foi convidado oficialmente a participar da cerimônia de entrega do Prêmio Nobel da Paz para Lie Xiaobo em Oslo, Noruega”, acrescentou Fu.

Lie é um ativista de direitos humanos que está preso na China. Ele tem apelado à democratização e ao fim do regime unipartidário comunista. Interessados podem assinar a petição pela libertação de Gao no FreeGao.com (site em inglês).

Tradução: Fabiane Fagundes Schütz

veja também