Cristãos afegãos estão sendo mortos pelo Talibã se tiverem Bíblia online em seus celulares

De acordo com a rede de TV cristã SAT-7, militantes talibãs estão revistando telefones e retirando crentes do transporte público e os assassinando no local.

fonte: Guiame, com informações de Religion News Service

Atualizado: Quarta-feira, 18 Agosto de 2021 as 2:55

Militantes talibãs estão revistando telefones e retirando crentes do transporte público e os assassinando no local. (Foto: EFE/Stringer).
Militantes talibãs estão revistando telefones e retirando crentes do transporte público e os assassinando no local. (Foto: EFE/Stringer).

Cristãos no Afeganistão estão sendo mortos pelo Talibã se tiverem Bíblias online em seus celulares, de acordo com relatórios da rede de TV cristã SAT-7. A perseguição religiosa acontece com a retomada do governo pelo grupo Talibã no último final de semana, após as forças americanas se retirarem do país.

Segundo o SAT-7, que transmite uma programação cristã para o Oriente Médio, os militantes talibãs estão até mesmo retirando cristãos e pessoas consideradas “etnicamente impuras” do transporte público e as matando no local. 

“Estamos ouvindo de fontes confiáveis ​​que o Talibã exige os telefones das pessoas e, se eles encontrarem uma Bíblia baixada em seu dispositivo, eles matam imediatamente”, denunciou o presidente do SAT-7 na América do Norte, Dr. Rex Rogers. “É incrivelmente perigoso agora para os afegãos ter algo cristão em seus telefones. O Talibã tem espiões e informantes em todos os lugares”, disse.

Com o Talibã no controle do Afeganistão, o risco para os seguidores de Cristo que já existia, aumentou e se tornou eminente. Os cristãos estão isolados e com medo de serem descobertos.

“Por ser muito perigoso buscar a companhia de outros cristãos, muitos crentes afegãos estão totalmente sozinhos, sem nenhum outro cristão com quem conversar”, relatou Rogers.

Agora, em meio a um ambiente de insegurança e terror, os crentes estão buscando encorajamento e esperança por meio da programação e das plataformas de comunicação da TV SAT-7. A interação de afegãos na mídia social do canal cristão e suas plataformas de chat ao vivo tiveram um grande aumento, assim como as ligações para o contato de aconselhamento da SAT-7.

“Nosso diretor local me disse: 'A maioria não ousa frequentar uma igreja doméstica. Eles estão sozinhos, com medo e olhando para nós. Somos o último recurso deles’”, afirmou Rogers.

Muitas mulheres afegãs que lutaram contra a depressão e que até mesmo tentaram suicídio receberam Jesus atrabés da TV cristã e agora estão apoiando outras mulheres, que estão aterrorizadas com o Talibã e sua ideologia opressora. 

“Elas estão dizendo: 'Nós confiamos na providência e proteção de Deus e você também pode, porque Deus o ama e se preocupa com você'. Elas as fazem lembrar do que Jesus disse: 'Mas tenham ânimo! Eu venci o mundo’”, contou Rogers. 

Desde 1996, os programas do SAT-7, via satélite e online, têm levado o Evangelho e encorajamento para mais de 25 milhões de espectadores no Oriente Médio e no Norte da África em três idiomas; árabe, farsi e turco. 



veja também