Das prostitutas aos viciados: Conheça o ministério M.E.V.A.M

Das prostitutas aos viciados: Conheça o ministério M.E.V.A.M

Atualizado: Sexta-feira, 9 Setembro de 2011 as 11:10

Comprometidos em ganhar almas e fazer discípulos o Ministério M.E.V.A.M. – Missões Evangelísticas Vinde Amados Meus - foi fundado há 11 anos pelo pastor Luís Hermínio em Itajaí, Santa Catarina.

Com grande vocação missionária, o ministério mantém grandes projetos de ação social que visam alcançar almas perdidas. Atualmente o M.E.V.A.M cuida da Comunidade Terapêutica S.O.S. Vida Jovem, da EMAP - Escola Missionária de Adoração Prática e do Instituto Humanitário e Educativo SOS Vida, ações evangelísticas que visam recuperar vidas. “Quando cada componente da igreja entende seu papel passa a fluir na expansão e edificação do Reino dos Céus aqui na terra. Este é o ministério de todos os Santos, quando estes que foram regenerados pela Cruz de Cristo colocam seus dons, talentos, recursos e tempo a serviço do Reino em ações inteligentes de restauração. A igreja precisa ser a resposta para sua localidade” escreve Luis Hermínio ao definir a missão do ministério.

Responsável pelas ações sociais da igreja e irmão de Luís Hermínio, o Pastor Ulisses Ricardo disse ao GUIA-ME durante o seminário Catch the Fire que o foco do M.E.V.A.M é lidar e tratar com pessoas dependentes de álcool e drogas diversas. “Somos uma igreja que surgiu a partir de uma ação social e por isso não perdemos essa questão de vista. Hoje nossa principal área de atuação é cuidar dos dependentes químicos de forma mais integrada. Com o tempo percebemos que atrás do dependente tem toda uma família desestruturada, então, sentimos a necessidade de não somente tirar a pessoa da rua e tratar de sua dependência, mas também de trabalhar pela reinserção dela na sociedade e na família” conta Ulisses.

Para o pastor é impossível proclamar o evangelho sem falar em ações sociais. “Somos três irmãos que vivemos o mundo das drogas. Éramos traficantes e viciados, mas Deus nos resgatou e nossa vida foi transformada de maneira que queríamos fazer algo para compartilhar todo o amor de Deus por nós aos perdidos e não tinha outra maneira de proclamar esse amor se não fosse com ações e projetos sociais” diz ele.

Sem apoio ou ajuda financeira do poder público, o M.E.V.A.M atende a diversas comunidades de Itajaí e outras cidades da região, contando também com projetos em favelas que atendem mulheres e crianças carentes. “Hoje servimos ao poder público, em Luis Alves, uma cidade pequena todas as escolas, hospitais e postos de saúdes são reformados pelos meninos da comunidade terapêutica que mantemos. Fazemos isso gratuitamente. Oferecemos isso à comunidade e Deus tem abençoado” comemora o pastor.

Prostitutas princesas

Outra ação importante mantida pelo ministério é o evangelismo as prostitutas da cidade. Depois de uma visão de Deus, um pastor evangelista tomou a iniciativa de juntar as ofertas da igreja para fechar um prostíbulo por algumas horas e neste tempo pregar a palavra de Deus aquelas mulheres. “Ele vai aquele local, paga pelo “tempo” com as prostitutas e usa aquelas horas para realizar um culto evangelístico” comenta Ulisses.

Outra estratégia criativa e ousada usada pelo pastor para alcançar as prostitutas é o Dia de Princesa. Os evangelistas contratam a prostituta e transformam seu dia levando-a para um dia diferente, onde recebe cuidados com o corpo e espiritual. “Com essas ações alcançamos vidas e já conseguimos devolver três mulheres prostitutas para suas casas, suas famílias e até mesmo seus maridos. São vidas restauradas pelo poder e nome de Deus” celebra.

Restaurante comunitário

Cumprindo o texto bíblico que diz: “De pão a quem tem fome”, o M.E.V.A.M gerencia um restaurante comunitário que atende diariamente entre 70 a 100 moradores de rua que podem além de se alimentar, tomar banho, fazer a barba e até mesmo cortar os cabelos.

Sem se importar com o estado que os moradores chegam ao local, o pastor Ulisses garante que nenhum deles sai de lá sem receber também o alimento espiritual. “Os três zeladores de nossa igreja, que tem as chaves de nosso templo eram moradores de ruas e foram resgatados pelo restaurante. Para eles é um prato de comida para nos é uma estratégia de compartilhar o amor de Deus”.

Com tantos projetos e vidas restauradas, o ministério tem vivido um tempo de glória. “Queremos fazer com que as pessoas se apaixonem pelo nosso ministério, e o mais importante se apaixonem por alcançar almas. Ação social é uma estratégia para falar do amor de Deus, não fazemos tudo isso pelo que as pessoas são, mas pelo o que somos: Nós somos filhos de Deus trabalhando em favor de vidas” finaliza o pastor.

Por Marcos Corrêa

veja também