Deficientes auditivos alcançados no Norte da África

Deficientes auditivos alcançados no Norte da África

Atualizado: Segunda-feira, 10 Janeiro de 2011 as 9:46

Walter e Alzira Freire, missionários de Missões Mundiais no Senegal, atuam no apoio a deficientes auditivos, discriminados em sua cultura, por meio do Projeto Surdos do Senegal. De acordo com os obreiros, graças ao trabalho referencial naquela comunidade mais surdos foram matriculados na escola do Projeto, que tem por objetivo ajudar no ensino e desenvolvimento dos deficientes.

O ano letivo começou em setembro de 2010 e mais surdos foram recebidos para a escolarização. Famílias de várias regiões têm trazido seus filhos surdos para a escola, mudando assim a mentalidade sobre a capacidade de aprendizado deles. “Pudemos ver a alegria no rosto da família e dos alunos, o que nos trouxe muita alegria”, disse Walter Freire.

Em outra localidade, onde o trabalho caminha mais lentamente, os missionários reativaram a associação de pais de deficientes auditivos da região. E estão trabalhando para que os familiares aprendam a linguagem de sinais ensinada na escola. Para isso, um curso será aberto para os familiares.

Os missionários da JMM esperam, para este ano, a construção do Centro de Apoio aos surdos. Entretanto, o valor pedido pelos proprietários de terrenos está dificultando o andamento do projeto. “Mas, ainda que a terra não floresça, como diz o profeta Habacuque, continuamos firmes no Senhor, sonhando seus sonhos, nos preparando melhor para o ministério. Ore conosco para que o Senhor nos dirija nesta compra. Não é simples, porque os terrenos são muito caros e os mais baratos são em lugares ainda inóspitos, e para o Centro precisamos de um lugar estratégico, onde os surdos das diferentes regiões possam vir, com transporte público funcionando. Juntem-se a nós nesse desafio de oração”, convida o missionário Walter Freire.

Por Sérgio Dias

veja também