Depois do Carnaval, doar sangue é preciso

Depois do Carnaval, doar sangue é preciso

Atualizado: Quarta-feira, 9 Março de 2011 as 12:12

Os feriados de Natal, Ano Novo e Carnaval costumam ser os mais complicados para os estoques dos bancos de sangue em todo o País. Nessa época, além da quantidade de doações apresentar queda expressiva, devido às férias, a demanda por sangue tende a aumentar, por causa do maior número de acidentes de trânsito.

Em Maringá, o estoque de sangue para o feriado esteve equilibrado, mas com a queda de doações e o maior risco de acidentes de trânsito, os bancos de Maringá precisam repor a quantidade de bolsas. A partir de quarta-feira, o Hemocentro do Hospital Universitário (HU) de Maringá e o Banco de Sangue Dom Bosco, que atendem, respectivamente, a rede pública e a particular, planejam ações de mobilização para repor estoque utilizado. A maior preocupação é a quantidade do concentrado de plaquetas, que dura apenas cinco dias armazenado e uma pessoa pode precisar de várias unidades.

Sabrina Marques, do setor de distribuição do Hemocentro do HUM, explicou que, neste mês de março estão agendadas coletas externas para manter o estoque. "Aproveitamos esta época de início de ano letivo para fazer campanhas de doação de sangue e cadastro de doadores de medula óssea nas universidades", lembra. Segundo ela, já estão agendadas coletas com o ônibus do Hemocentro até o fim deste mês (confira o cronograma no quadro acima).

Mariza Dodorico, supervisora técnica do Banco de Sangue Dom Bosco destaca que é comum faltar sangue em feriados prolongados como este. "A partir de quarta-feira, devemos entrar em contato com doadores e retomar algumas campanhas para regularizar o estoque", explica Mariza.

O negativo

No Hemocentro de Maringá, depois de um mês após a primeira doação, o doador recebe uma carteirinha e o resultado dos exames de sangue feitos. O sangue mais requisitado é do tipo "O" negativo, considerado doador universal, mas outros tipos sanguíneos também são necessários.

O Hemocentro informa que é necessário estar a pelo menos 12 horas sem ingerir bebidas alcoólicas para poder doar sangue. A pessoa também precisa apresentar um documento com foto no ato da doação.

veja também