Dois anos depois, livro missionário leva mulher ao batismo em Campinas

Dois anos depois, livro missionário leva mulher ao batismo em Campinas

Atualizado: Terça-feira, 17 Maio de 2011 as 10:25

O Impacto Campinas - a maior mobilização evangelística já realizada nesta cidade paulista - alcançou mais de 250 mil famílias em 2009 e ainda hoje continua a transformar a vida espiritual das pessoas, como demonstrou uma cerimônia de batismo ocorrida no domingo, 15 de maio, em Nova Aparecida, distrito de 100 mil moradores a aproximadamente 10 km da cidade. O batismo da porteira Creuza Cardelli foi um momento de regozijo na congregação do distrito, frequentada por cerca de 200 pessoas. Ela teve contato com a mensagem adventista através do livro missionário.

Tudo aconteceu quando Creuza recebeu a visita da funcionária dos Correios Margarida Maria dos Santos, que trabalha na distribuição de pelo menos 500 cartas por dia em Campinas. Margarida se converteu em 2007, através da Rádio Novo Tempo da cidade, e desde então decidiu aproveitar as oportunidades para falar de sua fé. A ideia dos livros missionários animou a carteira, que passou a carregar vários exemplares em sua jornada de trabalho. “Quando converso com alguém e sinto espaço para falar de Jesus, eu aproveito a situação e entrego um livro”, disse. Foi nesse contexto que ela presenteou Creuza Cardelli com um exemplar de Sinais de Esperança.

Creuza e Margarida“Quando recebi o livro, estava investigando a Bíblia e tinha muita necessidade de conhecer mais sobre o futuro e o que diz a escatologia”, declarou Creuza. A leitura do exemplar evangelístico fez com que conhecesse a mensagem adventista, e também outros livros da denominação, em especial as obras de Ellen White. Ela adquiriu quatro publicações da escritora – O Desejado de Todas as Nações, Patriarcas e Profetas, A Ciência do Bom Viver e O Grande Conflito, este último fundamental para a sua decisão. “Enxerguei neste livro as respostas para todas as minhas perguntas, e decidi que este era um caminho que desejava seguir”, disse, emocionada momentos após o seu batismo. O pastor Miguel Cabral, líder da comunidade adventista local, ficou impressionado com o conhecimento da porteira sobre a doutrina adventista. “Deus preparou esta mulher e agora estamos vendo a consolidação dessa história cheia de amor e esperança”, afirmou.

O pastor Oliveiros Ferreira, presidente da Igreja Adventista para a região central de São Paulo, celebrou o testemunho. “Ela achou no livro a base bíblica que a motivou a descobrir as verdades da Escritura Sagrada”, disse. Para o líder, trata-se de uma história que deve inspirar mais de 26 mil adventistas de 81 cidades a um impacto que iniciará em setembro e será concluído em 2013.

O desafio, segundo o pastor Ferreira, é evangelizar através do livro missionário 1,7 milhão de residências desses municípios. A próxima obra será uma edição condensada de O Grande Conflito, cujo título será A Grande Esperança. O desejo é envolver cada adventista na distribuição individual de pelo menos 70 livros. “Quando isso acontecer, veremos que histórias como a de Creuza se multiplicarão por mil, por 10 mil e por 100 mil”, preconizou o pastor Oliveiros Ferreira.

veja também