E se você tivesse nascido em uma tribo na África?

E se os lados fossem invertidos? E se eu tivesse nascido nessa terra seca? E se eu nunca tivesse me alfabetizado? E se eu nunca tivesse ouvido falar de Jesus?

fonte: Guiame, Saulo Porto

Atualizado: Terça-feira, 13 Novembro de 2018 as 5:16

E se eu tivesse nascido em Chinsapo, uma periferia esquecida de Lilongwe? (Foto: Reprodução/Facebook/Saulo Porto)
E se eu tivesse nascido em Chinsapo, uma periferia esquecida de Lilongwe? (Foto: Reprodução/Facebook/Saulo Porto)

E se eu tivesse nascido em Malawi, aqui em Chinsapo, uma periferia esquecida de Lilongwe? Minha vida seria totalmente diferente.

— Ine 'Ndine Saulo! (Meu nome é Saulo, chichewa)

Disse eu começando o limitado diálogo com as crianças. Elas não falam nada de inglês... Há muito tempo que elas me chamavam da janela, da porta, quase que falando português: “Você não vai sair daí hoje?” Podemos até não falar a língua dos povos, mas o amor consegue traduzir o olhar.

Então outra criança que nunca tinha visto disse:

— Ine 'Ndine Saulo!

— Saulo? (perguntei!)

— Ãn! (sim, entre os africanos)

Eu não acreditei. Por um momento o mundo parou e eu me vi naquela criança. Não acredito que aqui pertinho de mim tem outro Saulo. Eu quase chorei na frente das crianças. Porque em meio ao barulho e alegria delas, eu não conseguia pensar em outra coisa:

“E se os lados fossem invertidos? E se eu tivesse nascido nessa terra seca? E se eu nunca tivesse me alfabetizado? E se eu nunca tivesse ouvido falar de Jesus? Onde eu estaria hoje? Quais seriam os meus sonhos? O que eu estaria perdendo até então? Quem eu seria?”

Foi aí que Deus me fez sentir duas coisas: Senti Gratidão pela minha trajetória, onde nasci, onde fui criado, minha família, amigos, professores. Tive sempre os melhores.

E senti-me incomodado pela situação do Saulo de Chinssapo. Quem irá responder suas perguntas mais profundas? Quem irá falar-lhe de Jesus? Quem irá discipulá-lo? Quem se importará com o seu propósito eterno, até então escondido, ainda por ser descoberto?

Corri atrás de um tradutor, e preguei em inglês dizendo que Deus ama cada um daqueles pequeninos, e tem um propósito especial para cada um deles! Ensinei-lhes uma música e disse, amanhã tem mais! Eles saíram rindo, mortos de felizes.

Quando formos Igreja mesmo, todos os Saulos do mundo se tornarão Paulos para o mundo.

 

Saulo Porto
Missão Mãos Estendidas - MME

veja também