Estado de saúde de missionária inspira cuidados

Estado de saúde de missionária inspira cuidados

Atualizado: Quarta-feira, 10 Novembro de 2010 as 2:13

O Pr. Roberto Carmona, missionário em Joanesburgo, na África do Sul, escreveu à Junta de Missões Mundiais para dar mais detalhes sobre o estado de saúde de sua esposa, a missionária Edna Carmona, que na quinta-feira (4) foi internada para a realização de exames, por causa de um cisto no ovário. Segundo ele, o caso é mais grave do que inicialmente foi diagnosticado.

"O cisto no ovário foi a primeira coisa descoberta na quinta-feira pela manhã. À tarde fomos buscar outra opinião, que foi igual à primeira e quando chegamos em casa, por volta das 18h, Edna começou a sentir fortes dores de cabeça que a fizeram perder os sentidos. Fizemos, eu e duas missionárias que aqui estão, Renata e Elza, muitos procedimentos para reanimá-la. Ela voltou a si, vomitou e tornou a falar. Então a colocamos no carro e corremos ao hospital próximo de nossa casa, onde foi internada e lá está até o momento", disse o Pr. Carmona.

Na sexta-feira (5) a missionária passou por exames muito detalhados do seu cérebro. O médico responsável pelo tratamento constatou a existência de dois aneurismas frontais. Ele recomendou que o casal procurasse, nessa segunda-feira (8), o especialista no assunto, Dr. Peter Fourie.

"Há duas formas de eliminar um aneurisma, por cirurgia, mais antigo, e por cateterismo. No cateterismo eles podem atacar e eliminar os aneurismas de uma só vez, enquanto que a cirurgia só pode ser feita em um por vez, devendo haver espaço entre elas, o que seria traumático demais. Segundo o médico, uma só já é traumática", explica o pastor.

De acordo com o Pr. Carmona, no momento, o estado de saúde geral da missionária Edna é estável, seus reflexos e consciência não foram atingidos. Mas ele confessa que sempre é difícil ter que deixá-la deitada em uma cama de hospital, na Unidade de Tratamento Intensivo, apesar de ser o melhor. Edna não pode fazer qualquer esforço cerebral, até mesmo ler seria pesado demais para ela. O hospital, onde ela está internada, é considerado muito bom; a maioria de seus atendentes e médicos são cristãos e muito conceituados na cidade.

"Deus tem nos dado alegrias, apesar de tudo isso. As mais notáveis são pelo grande número de irmãos, amigos e até mesmo conhecidos que fiz nestes dias participando de bate-papos evangélicos. Eles nos deram palavras de encorajamento e oram pelo pleno restabelecimento da minha esposa. Conheci irmãos de toda parte do mundo que souberam do fato e me escreveram dizendo que estão em oração, houve um até da Ucrânia. Outra grande alegria é que ganhamos uma passagem para trazer a mãe da Edna, dona Juliana. Isso fará muito bem a todos nós. Orem por ela, será sua primeira viagem internacional e está cuidando de detalhes para conseguir vir na quinta-feira (11)", finaliza.

Missões Mundiais e a Convenção Batista Brasileira reforçam seu pedido aos irmãos em Cristo para que orem pelo cumprimento da vontade de Deus para a vida da missionária e por paz e direção aos seus familiares neste momento de aflição.

Por Marcia Pinheiro

veja também