Extremistas atacam missionário na Índia

Extremistas atacam missionário na Índia

Atualizado: Segunda-feira, 17 Outubro de 2011 as 1:24

Kishkard , que serve como pastor de uma igreja, em uma aldeia numa área tribal, estava em uma vila distribuindo folhetos evangelísticos, quando uma família pediu-lhe que orasse por uma criança doente.

Assim que o pastor Kishkard  e sua equipe começaram a orar pedindo pela cura da criança, uma multidão de jovens, homens e mulheres apareceu e começou a gritar, protestando contra aquilo que o missionário estava fazendo.

“Por que você está tentando converter as pessoas ao cristianismo?”, disse o líder do grupo ao pastor Kishkard . “Nós não estamos tentando converter ninguém. Ao contrário, estamos orando por um menino doente”, explicou Kishkard .

A resposta não pacificou a multidão. De repente, um rapaz tirou seu sapato e começou a agredir o pastor Kishkard , que caiu no chão e passou a ser ainda mais agredido. Os jovens pegaram as Bíblias e os folhetos que estavam com a equipe do pastor.

Os jovens extremistas estavam se preparando para incendiar a literatura que haviam tomado do grupo cristão, mas alguns anciãos da aldeia não permitiram que fizessem isso e ainda afastaram todos os que estavam agredindo o pastor.

O Pastor Kishkard  ficou com muitos machucados e cortes após o ataque, mas não se encontra gravemente ferido. Ele pede que todos orem pelas pessoas que se opuseram a ele. “Orem para que o nosso amor por Deus possa tocá-los e mude suas vidas, para que descubram a Verdade”, pede ele.

veja também