Família que vivia em barraco recebe casa com ajuda de alunos de colégio cristão

Depois de serem despejados e viverem em barraco, uma família terá uma vida nova após a ação.

fonte: Guiame, com informações do G1

Atualizado: Sexta-feira, 1 Fevereiro de 2019 as 10:58

Ao lado dos filhos e do diretor da escola, casal se emocionou com nova casa. (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)
Ao lado dos filhos e do diretor da escola, casal se emocionou com nova casa. (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

A generosidade de estudantes do Colégio Adventista mudou a vida de uma família que vivia em um barraco de lona. Depois de uma “vaquinha” feita pelos alunos, eles ganharam uma casa nesta quinta-feira (31) em em Goianira, Região Metropolitana de Goiânia.

A costureira Diva Gomes, 36 anos, o marido, o pedreiro Ivan Gomes, 40, e quatro dos cinco filhos não conseguiam segurar as lágrimas ao conhecer o novo lar. A entrada da família na casa foi acompanhada pela reportagem da TV Anhanguera, afiliada da Globo.

“Não tem palavras, só gratidão mesmo. Agora é só vida nova. Dar tranquilidade aos meus filhos. Estava sonhando com esse cheiro, muito emocionada, muito bom”, disse Diva. “Só tenho agradecer a Deus e ao povo que ajudou. Tenho uma cama para dormir com meus filhos e minha esposa. Só alegria”, celebrou Ivan.

Somando as doações, a campanha arrecadou R$ 74 mil. O diretor do Colégio Adventista, Rodrigo Etgeton, falou sobre a satisfação em entregar o imóvel construído a partir da solidariedade dos estudantes.

“Para nós é uma gratidão a Deus e também uma imensa alegria perceber quantos pais e alunos participaram deste projeto. Louvado seja Deus e o amor que esses pais e a comunidade adventista teve com essa família. Nós estamos muito felizes”, disse Rodrigo.

Vida após o câncer

Diva e Ivan sempre tiveram uma vida simples, mas a situação ficou delicada em março de 2018. Ela foi diagnosticada com câncer de mama e teve que parar de trabalhar. Para piorar, o marido foi demitido na mesma época.

Sem condições de pagar aluguel, o casal construiu um barracão de lona em um lote que adquiriram de forma parcelada.


Casal passou a viver com os filhos em barraco de lona após câncer e perda de emprego. (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Os dois filhos de 15 e 12 anos tinham uma bolsa de estudos no Colégio Adventista, em Goiânia. A filha mais velha, de 19 anos, estuda na unidade de São Paulo. Depois que uma colega dos filhos soube da situação, o colégio resolveu abraçar a causa.

A coordenadora regional, Gabriela Wolff, deu um cofrinho para cada um dos 5,3 mil alunos com o intuito de que cada juntasse pelo menos R$ 5, mas os estudantes também foram além.

Uma das alunas conseguiu juntar R$ 700. Já o pequeno David, de 5 anos, obteve R$ 260. “Eu achei triste, aí eu decidi arrecadar muito dinheiro”, afirmou o garoto.

Os empreiteiros também entraram na corrente de solidariedade e baixaram o valor da mão de obra. Por isso, a quantia arrecadada também possibilitou mobiliar a casa.

veja também