Feiticeiro se converte e queima seus amuletos após ver filme sobre Jesus

Jacob chegou a matar pessoas de sua própria família para oferecer sacrifícios aos espíritos, mas um encontro com Jesus mudou sua vida.

fonte: Guiame, com informações da Timoty Initiative

Atualizado: Quarta-feira, 6 Março de 2019 as 11:18

Jacob (com manto vermelho), ao lado de um missionário, um plantador de igrejas e um de seus discípulos. (Foto: Timoty Initiative)
Jacob (com manto vermelho), ao lado de um missionário, um plantador de igrejas e um de seus discípulos. (Foto: Timoty Initiative)

Após a morte de seu avô, Jacob era o próximo na fila para assumir a posição de curandeiro chefe em uma tribo remota de um país africano.

Durante os ritos de iniciação com outros feiticeiros, ele foi forçado a ingerir substâncias muito fortes, que prometiam imenso poder sobrenatural.

Oprimido no começo, ele se perguntou como poderia seguir os passos de um grande feiticeiro, como era seu avô, sem sua presença para guiá-lo?

“Acontece que ele não tinha nada com que se preocupar. Jacob tornou-se tão famoso que as pessoas viajaram de outras nações para testemunhar seu poder. Seus feitiços poderiam trazer cura ou morte; suas palavras poderiam acalmar a mente torturada ou enlouquecer as pessoas", segundo um relatório da organização cristã 'The Timothy Initiative'.

A fim de alcançar o poder dentro de sua função, um sacrifício de sangue era necessário. Para obter o maior poder, o sangue humano deve ser derramado.

Surpreendentemente, a comunidade de curandeiros exigiu que ele sacrificasse a vida das pessoas mais próximas a ele. Atendendo à exigência, ele matou sua prima, mãe, esposa e até mesmo seu próprio filho.

Isso lhe trouxe ainda mais poder sobrenatural, mas a culpa começou a corroer sua alma. Para encontrar consolo, ele se afundou no alcoolismo. Para ele, aquela era a única maneira de aliviar a dor que sentia dia após dia.

Um dia, no bar onde estava bebendo, ele ouviu pessoas falando sobre um filme que seria exibido em sua vila naquela noite. Curioso, ele decidiu comparecer à exibição. Enquanto assisitia ao filme "Jesus", o sofrimento que inundava seu coração deu lugar à convicção trazida pelo Espírito Santo.

Ele reconheceu que havia cometido crimes hediondos e precisava desesperadamente de um Salvador.

Depois que o filme terminou, Jacob procurou o pastor Alex, missionário e líder da igreja afiliada à 'The Timothy Initiative', que havia promovido a exibição.

Jacob confessou as atrocidades que cometera no passado. Em resposta, o pastor Alex explicou o Evangelho para ele e assegurou-lhe que o amor de Jesus Cristo é incondicional.

Movido pelo poder da Palavra e do Espírito, Jacb entregou sua vida a Jesus naquela noite e nasceu de novo.

"A transformação foi imediata. Ele queimou seus amuletos diante da aldeia - uma ação que eles não aceitaram de bom grado. Eles ficaram tão furiosos com a sua conversão que ameaçaram Jacob e o expulsaram da vila", segundo o relatório.

Alex levou Jacob para sua casa e começou a treiná-lo nos caminhos do Senhor. Ele encorajou o agora ex-feiticeiro a crescer em sua fé cristã e tornar-se um discípulo de Jesus. Jacó começou a compartilhar o Evangelho com seus antigos clientes, muitos dos quais também começaram a seguir a Jesus.

Por fim, "Jacob plantou uma igreja e hoje treina outros para também serem discípulos de Jesus", informou a organização missionária.

veja também