Há 15 anos no Brasil, In The Name trabalha com foco na juventude

Há 15 anos no Brasil, In The Name trabalha com foco na juventude

Atualizado: Quinta-feira, 17 Setembro de 2009 as 12

Por Juliana Simioni - www.guiame.com.br

Nascido nos Estados Unidos, o Ministério In The Name of Jesus, que presta assistência social a jovens e crianças, foi fundado pelo pastor Mauro Pinheiro, um brasileiro que se mudou para os Estados Unidos em 1969 e adquiriu cidadania americana. Mas, em 1986, decidiu voltar a sua terra natal e trazer o ministério. No entanto, após 15 anos percebeu que seu chamado estava nos Estados Unidos, e retornou para a América do Norte no período dos atentados ao World Trade Center (2001).

In The Name no Brasil

Para que o ministério não tivesse fim no Brasil, assim que Pinheiro voltou aos Estados Unidos, a Igreja do Evangelho Quadrangular de São Mateus (SP), na qual o presidente é o Pastor José Carlos Moro, assumiu a continuação do trabalho. "Estamos na região de São Mateus, na zona leste de SP, que é uma região onde as pessoas são muito discriminadas por causa da violência e do urbanismo, mas esse quadro tem mudado com a presença da igreja e do ministério no local", disse o pastor Moro em entrevista.

Trabalho Social

O Ministério In The Name of Jesus realiza um trabalho social juntamente com a Igreja Quadrangular. "Fazemos um trabalho com 250 famílias, atendendo as crianças, e temos um trabalho com jovens na área de aconselhamento pastoral e incentivo social. São jovens que vieram das drogas, de pais separados, que cresceram com os avós, sem uma iniciação familiar", explicou o Pr. Moro.

Inclusão Digital

Além do trabalho de aconselhamento, o In The Name, em parceria com a prefeitura de São Paulo, possui um projeto com foco em inclusão digital. O Pr. Moro, que além de presidente da Igreja Quadrangular em São Mateus, é líder do ministério no Brasil, conta que em um galpão, montado na base do In The Name, são atendidas pessoas de todas as idades. "Mas nosso foco é trabalhar com jovens", acrescentou ele.

ONG

O trabalho não para por aí. O ministério também tem uma ONG (organização não governamental), a &Oficina de Gente&, que é uma extensão do In The Name.  "Como é uma organização não governamental, para que você possa dar continuidade aos projetos sociais é necessária uma parceria com o governo, tanto municipal quanto estadual e federal e para isso você tem que estar dentro dos conformes dos estatutos", analisou.

Questionado sobre as diferenças de atuação social do Ministério e da ONG, o Pastor Moro explicou que o trabalho é basicamente o mesmo.  "Associação é uma coisa e ONG é outra. Por isso, é necessário expandir dessa forma: aumentar o trabalho social e estar mais envolvido com as leis do país para poder acontecer", explicou Moro, em referência à organização não governamental.

Outras localidades e equipe

"A Igreja Quadrangular está espalhada pelo Brasil inteiro. Como nós fazemos o trabalho da igreja, fazemos o trabalho de células, então eu trabalho nas casas. Nosso intuito é continuar o trabalho na base, São Mateus, porque tem muita atividade a ser feita, muita família que necessita de atendimento pastoral e da presença da igreja no local", acrescentou o pastor.

O In The Name tem cerca de 250 pessoas trabalhando. "É um ministério ainda em crescimento", disse Moro. De acordo com o pastor, o In the Name está há 15 anos no mesmo local e nesse tempo já batizou cerca de 200 pessoas. "Mas assim como a igreja tem a porta de entrada, também tem a porta de saída. As pessoas entram, ficam, resolvem suas vidas e se mudam. Mudam de ministério, vão embora, mas nós continuamos no chamado de portas abertas", afirmou. Além dos trabalhos que já estão em ação, o Pastor Moro revelou que para 2010 ou 2011 o ministério tem um projeto para trabalhar com creches.

Conheça mais do Ministério In The Name of Jesus através do site www.inthename.com.br

veja também