Hindus proíbem material cristão e ameaçam pastor

Hindus proíbem material cristão e ameaçam pastor

Atualizado: Quinta-feira, 25 Março de 2010 as 12

No dia 15 de março de 2010, a polícia foi até a catedral de Karwar (cidade costeira em Karnataka, Índia), e alertou o líder da igreja a parar de distribuir impressos cristãos e materiais que contenham referências cristãs, alegando que eles ''ofendem o hinduísmo'' e seus seguidores.

Esse é mais um exemplo dos incidentes que mostram a considerável deterioração do respeito pelos direitos humanos e pela liberdade religiosa no Estado de Karnataka.

No dia 5 de março de 2010, um grupo de hindus tentou enterrar um corpo em um cemitério cristão, usando rituais hindus. Quando o pastor local pediu para eles interromperem a ''cerimônia'', eles o agrediram.

A agressão continuou no domingo, quando o grupo não permitiu que o pastor realizasse um culto. Eles disseram que tomariam o templo e o transformariam em um salão público. Uma organização interferiu para socorrer o pastor.

veja também