IBC de Teresópolis - RJ atende cerca de 50 desabrigados

IBC de Teresópolis - RJ atende cerca de 50 desabrigados

Atualizado: Segunda-feira, 24 Janeiro de 2011 as 10:10

A Igreja Batista Central na Várzea também se tornou um importante abrigo e local de arrecadação de donativos em Teresópolis (RJ). O volume de gêneros alimentícios, água mineral, material de limpeza e higiene cresce a cada momento, pois a solidariedade tem vindo de diversos pontos do país. Os voluntários da igreja chegam a redirecionar cargas muito grandes para outros abrigos, já que o espaço físico já está quase totalmente ocupado.

“Nós temos tido o privilégio de receber de vários estados do Brasil todo o provisionamento, todo o material. Nós estamos preocupados em catalogar, em armazenar, ver data de validade e nossa preocupação vai ainda a distribuir esse material”, explicou o Pastor Josué Cardoso.

As entregas também estão sendo monitoradas para que não ocorram casos de desvios de produtos para pessoas que não fazem parte da comunidade carente que está em abrigos ou locais que não dispõem de abastecimento suficiente. Outras instituições que estejam precisando de donativos também podem contar com o apoio: “Não tem burocracia, não tem nenhum problema. Se algume está em algum lufgar do nosso município e esta trabalhando comprometido, é vir à nossa igreja trazendo um oficio ou uma carta e a nossa equipe vai catalogar o que está saindo e vai mandar”, afirmou o Pastor.

As condições traumáticas de ter perdido a casa e até parentes se torna mais um obstáculo para a quem precisa se reerguer, por isso outra ajuda que também pode ser dada aos desabrigados é em forma de auxílio psicológico.

“Nós temos um numero aquém do que podemos fazer, mas temos trabalhado buscando transparência em todos os recursos, até humanos. Nós estamos aqui com uma média de 50 desabrigados, temos de 25 a 30 alojados que são médicos, psicólogos, enfermeiros e socorristas que vieram de outras regiões e nós estamos hospedando e, daqui, eles saem com o apoio da nossa igreja para a ponta para ajudar nessas questões que estão acontecendo na área mais rural”, disse.    

Outro serviço disponibilizado no local é a emissão de segunda via da carteira de identidade por uma equipe do Detran. A ação é gratuita para pessoas que perderam seus documentos em enchentes ou deslizamentos na tragédia do dia 12.

Cerca de 50 pessoas estão abrigadas nas salas que foram preparadas para o socorro às vítimas. O atendimento é feito diariamente com uma organização de afazeres para uma equipe de voluntários que cuida da alimentação e do bem estar das pessoas necessitadas.

Mesmo com os estoques cheios de donativos, há algumas necessidades que ainda podem ser supridas com a ajuda da população ou comerciantes.“Graças a Deus a gente tem um volume grande de produtos de higiene, alimentícios, mas o que falta é um bujão de gás, que as vezes as pessoas não pensam para doação. É um gasto muito grande, um bujão por semana, são muitas pessoas, uma média de 50 a 54 pessoas e nós pedimos, para quem puder, fazer doação de gás, porque temos um número refeições elevados, então seria de grande utilidade para a gente”, pediu o voluntário Julio Cézar Andrade.

Por Marcus Wagner

veja também