Igreja doa 150 cestas básicas à prefeitura de Santa Maria: “Atuamos em meio à crise”

O Ministério Engel tem feito parcerias com a prefeitura de Santa Maria para apoiar famílias vulneráveis na pandemia.

fonte: Guiame, Luana Novaes

Atualizado: Sexta-feira, 9 Abril de 2021 as 4:10

Mais de 150 cestas básicas foram doadas à prefeitura de Santa Maria. (Foto: Ministério Engel)
Mais de 150 cestas básicas foram doadas à prefeitura de Santa Maria. (Foto: Ministério Engel)

Mais de 150 cestas básicas foram doadas na quarta-feira (7) por uma igreja evangélica à Prefeitura de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, para beneficiar as famílias que mais tiveram suas rendas afetadas pela pandemia.

O Ministério Engel recebeu 330 cestas de doações e destinou 150 para a cidade de Santa Maria. A entrega das doações foi feita pessoalmente pelo pastor Joel Engel ao prefeito Jorge Pozzobom (PSDB).

“São doses de esperança e solidariedade”, disse Pozzobom. “Temos visto pessoas com tanta dificuldade aqui em Santa Maria e fico muito feliz por ter a certeza de que isso vai para a casa de quem mais precisa.”

Os alimentos serão destinados a famílias cadastradas pela Secretaria de Assistência Social do município e irão aliviar o sofrimento de muitas pessoas.

“A gratidão é a memória do coração. Hoje o que estamos fazendo não é para mim, nem para você, mas para as pessoas que, neste momento, mais precisam de nós”, disse o prefeito ao pastor. “Deus colocou você aqui e me recolocou como prefeito, para poder enfrentar esse momento difícil. Muito obrigado, de coração.”

O pastor Joel Engel destaca a importância da parceria entre Igreja e Estado, para apoiar as pessoas mais vulneráveis da sociedade. “Essa parceria entre os dois poderes têm que permanecer”, disse ele.

O prefeito Jorge Pozzobom também destacou a importância dessa relação que, segundo ele, “envolve confiança, mas principalmente, responsabilidade”.

“Aqui em Santa Maria nunca fechamos as igrejas porque tínhamos a convicção de que a igreja é uma espécie de hospital espiritual”, afirmou. “É importante registrar a função social da igreja junto à sociedade”.

Não é a primeira vez que o Ministério Engel contribui com sua cidade em parceria com a prefeitura. No ano passado, em meio à falta de doações no inverno, mais de 800 cobertores foram doados pela igreja à prefeitura.

“A Igreja não é só um órgão espiritual. A Bíblia diz que somos cidadãos do Céu, mas nós estamos na Terra. Temos que trabalhar para apoiar as autoridades”, disse ao Guiame o pastor Engel, destacando que a justiça social faz parte da pregação de Jesus.

“A Igreja trabalha nos dois trilhos: o trilho espiritual e o social”, avalia. “A Igreja é atuante nos momentos de crise. A igreja não pode parar na pandemia, mas sim aumentar sua atuação. A igreja hoje está muito mais atuante do que antes.”

veja também