Investindo em Missões

Investindo em Missões

Atualizado: Terça-feira, 5 Agosto de 2008 as 12

"Não ajuntem riquezas aqui na terra, onde as traças e a ferrugem destroem, e onde os ladrões arrombam e roubam. No contrário, ajuntem riquezas no céu, onde as traças e a ferrugem não podem destruí-las, e os ladrões não podem arrombar e roubá-las. Pois onde estiverem as suas riquezas, aí estará o coração de vocês." Mateus 6:19-22 NTLH

O que vem à sua mente, quando você pensa em investir em Missões?

Grandes somas de dinheiro que precisam ser levantadas para evangelizar países distantes? Ofertas especiais para missionários que chegam com pedidos emergenciais para seus ministérios? Ou mesmo aquele cofrinho que você enchia, quando era criança, para mandar para os filhos dos missionários?

O investimento mais importante que precisamos fazer em Missões não é o dinheiro. Deus mesmo sustenta a Sua obra e nos permite ser abençoados, quando devolvemos a Ele, parte daquilo que Ele nos dá. Eu posso contribuir financeiramente para a expansão do Reino de Deus na Terra, mas não se trata apenas de entregar no altar do Senhor os dízimos e as ofertas, sentindo que já fiz "a minha parte".

Vamos olhar para a vida que Jesus levou aqui na Terra: Jesus investiu seu tempo alcançando e discipulando pessoas. Ensinava as verdades do Reino de Deus, aplicando o que ensinava à Sua própria vida, como um exemplo vivo do que pregava. Investia também tempo em oração, na comunhão com o Pai, recebendo dEle direção e forças para obedecer em tudo, até a morte, e morte de cruz. Seu maior investimento foi deixar Seu lar na glória e, sendo Deus, humilhar-se a viver como homem neste mundo, ser perseguido, incompreendido, criticado e torturado até morrer para nos salvar.  

O desejo de Deus é que invistamos toda a nossa vida a Seu serviço. Investir tempo em oração, intercedendo para que o Senhor envie trabalhadores para a Sua seara; investir nossa vida buscando aqueles que estão se perdendo, alcançando e discipulando novos adoradores para o Senhor, em Jerusalém, Judéia e Samaria e até os confins da terra.

Se estou aqui, em São Paulo, posso compartilhar de Jesus com as pessoas ao meu redor, visitar os doentes, órfãos e viúvas, ajudar o necessitado, viver como Jesus viveu entre nós; se Deus me chamar, posso ir a outros lugares para alcançar os não alcançados.

E qual será o retorno de todo esse investimento? Pouco se fala, hoje em dia, sobre os dividendos que receberemos por causa das obras que fizermos por meio do nosso corpo. A Bíblia menciona recompensas para aqueles que trabalham e viveram para o Senhor. Vamos analisar essas recompensas e como podemos ganhá-las: 

Coroa de Alegria - Receberemos por ganhar almas (ITs.2:19 Fp.4:1)

Coroa da Vida - Suportando provas, aflições e tentações, permanecendo fiéis (Tg.1:12 Ap.2:10)

Coroa de Incorruptibilidade - Negando-se a si mesmo (ICo.9:25)

Coroa de Glória - Cuidando do rebanho (IPe.5:4)

Coroa de Justiça - Ansiando pela volta de Cristo (IITm.4:8)

Você quer receber recompensas em sua vida eterna? Para tanto, é necessário ter um plano de investimento. Investir com seriedade, fixando objetivos e os melhores meios para conquistá-los. Afinal, investimento bem-sucedido é aquele que vai fazer com que você conquiste seus objetivos.

Então, faça seu investimento em riquezas que nem a traça ou a ferrugem corroam e os ladrões não possam roubar e receba a recompensa que está prometida pelo Senhor a todos aqueles que forem fiéis.

Bons investimentos!

*Imagem ilustrativa.

veja também