Iraque: Adolescente cristão é baleado por grupo armado em Mosul

Iraque: Adolescente cristão é baleado por grupo armado em Mosul

Atualizado: Terça-feira, 17 Novembro de 2009 as 12

Um adolescente cristão de 16 anos foi assassinado na porta de sua casa em Mosul, na vizinhança de Tahrir. O garoto, Rami Katchik, pertence à comunidade armênia.

A polícia disse que no dia 13 de novembro, por volta das 17h30, "homens armados atiraram de um carro em alta velocidade". Fontes locais relataram que o garoto estava lavando a frente da casa com seu pai quando foi baleado.

Girgis Paulos, vizinho da família Katchik diz que, no momento do ataque, "o pai havia entrado na casa para pegar uma pá. Quando ouviu os tiros, correu e viu os três homens no carro".

Os agentes da polícia dizem que ainda não está claro se o crime foi por razões religiosas, mas Hazem Girgis, um sacerdote local, vê o assassinato como "um dos muitos crimes cometidos para erradicar os cristãos da área, e forçá-los a irem embora".

Desde 2008, até os dias de hoje, a comunidade cristã em Mosul tem sido vítima de ataques, que causaram mais de 40 mortes. Milhares fugiram da cidade no norte do país. Uma matéria publicada pela Human Rights Watch em 10 de novembro, afirma que os cristãos e as minorias que moram nas regiões do norte do Iraque são vítimas de conflitos entre os árabes e curdos pelo controle da província.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também