Itabira,em MG, ganha Centro Especializado de Assistência Social

Itabira,em MG, ganha Centro Especializado de Assistência Social

Atualizado: Terça-feira, 1 Março de 2011 as 2:44

O prefeito de Itabira João Izael inaugurou nesta terça-feira, 1º de março, às 9 horas, o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), na rua Esmeralda, número 53, no Centro. A inauguração contou com representantes da Câmara Municipal, do 26º BPM, dos servidores públicos, do Conselho de Assistência Social, da Secretaria Municipal de Ação Social e foi abrilhantada pela apresentação dos Meninos de Minas, regidos por Maurício Tizumba.

O Creas tem como objetivo fortalecer as redes sociais de apoio à família, combater o abandono de menores e atender pessoas em situação de violência. O Centro contará com uma equipe multidisciplinar com psicólogo, assistente social, orientador social, advogado, pedagogo e coordenação. Além do atendimento na sede, as equipes multiprofissionais farão acompanhamento domiciliar para os indivíduos que necessitam de proteção social imediata.

Os casos a serem atendidos são encaminhados pelo Ministério Público e Conselho Tutelar. Além desses órgãos, o Creas ainda atuará em parceria do poder judiciário, defensoria pública e outras organizações de defesa dos direitos.

Segundo a coordenadora do Creas, Sandra Tores, a princípio o trabalho começará com atendimentos às crianças e adolescentes em situação de violência, mas em breve o Centro atenderá também idosos, deficientes e moradores de rua. “No trabalho com crianças e adolescentes vamos buscar o resgatá-los e reintegrá-los às suas famílias”.

Segundo o prefeito João Izael, o Creas vem de encontro às prioridades de seu governo. “O nosso governo tem como prioridade a vida e tudo que se refere ao ser humano. O Creas tem como objetivo acolher bem essas pessoas que estão em um momento de dificuldade da vida”, disse.

Maria das Graças Carvalho, Secretária Municipal de Ação Social, ressaltou que o Creas está sendo instalado como polo de referência para os indivíduos que se sentem violados em seu direito e para as famílias que necessitam de proteção social. Ela disse ainda que ações com essas finalidades já vinham sendo implantadas pelo governo e agora apenas recebeu um espaço para os atendimentos.

O Creas já está em funcionamento e os atendimentos serão feitos das 8h às 18h.

veja também