IURD de Angola constrói escola de formação profissional

IURD de Angola constrói escola de formação profissional

Atualizado: Sexta-feira, 27 Maio de 2011 as 10:46

A Igreja Universal do Reino de Deus de Angola lançou a pedra fundamental da escola de formação profissional que começou a ser construída no último dia (15), na cidade do Lubango, província de Huíla.

A escola contará com seis salas de aula e terá capacidade para 210 alunos. Nela serão oferecidos cursos de eletricidade, serralharia, carpintaria, mecânica e informática. Serão priorizados os deficientes físicos. A obra está orçada em 200 mil dólares e será edificada numa área de 940 metros quadrados, que comportará áreas administrativas (gabinetes para diretores), pátio, áreas de recreação, oficinas e lavatórios. A obra terá a duração de três meses e vai proporcionar 20 empregos diretos.

O responsável evangelístico de Angola, bispo Augusto Dias, disse que o objetivo é oferecer formação profissional para os jovens, principalmente, para os que se encontram desempregados, deficientes físicos e órfãos.

Além dessa escola, a  IURD pretende ainda construir outros centros de formação profissional nas províncias de Benguela, Kwanza Sul e um de saúde em Malanje.

Luta contra o analfabetismo

Não é de hoje que Angola luta contra os índices assustadores de analfabetismo no País. Em 1990, o índice era de 58,3%. A taxa de analfabetismo está hoje fixada em 33%, entre analfabetos funcionais e regressivos. Houve um progresso, mas ainda é motivo de muita preocupação por parte dos governantes que acreditam que o problema poderá ser erradicado antes de 2015.

Diante desses dados, a IURD de Angola está nutrindo forças para alfabetizar o máximo possível de angolanos. Desde 1991, o Projeto Ler e Escrever foi criado, em primeiro lugar no estado do Rio de Janeiro, expandindo-se como obra social por dezenas de unidades de ensino, formando voluntários espalhadas pelo estado e proporcionando a alfabetização de jovens e adultos.

Com o decurso do tempo, o trabalho se estendeu por todo o País e também chegou a outros países, como por exemplo, Argentina, Angola, Moçambique e Portugal, procurando, além da educação, levar a seus alunos amor e dedicação.

A Igreja Universal é mantenedora da obra social educacional “Projeto Ler e Escrever”, que vem desenvolvendo a alfabetização de jovens e adultos e cursos profissionalizantes, levando as pessoas a uma nova perspectiva de vida social e profissional.

veja também