Jovens adventistas aceitam desafio de serem missionários

Jovens adventistas aceitam desafio de serem missionários

Atualizado: Terça-feira, 3 Maio de 2011 as 10:35

Dia 1° de maio ficará na história missionária da Igreja Adventista no Centro-Oeste do Brasil. Foi o início do primeiro projeto missionário denominado “Missão Total”, onde 20 jovens deixaram todos seus afazeres pessoais para dedicarem oito meses de suas vidas na pregação do evangelho em algum lugar dos estados de Brasília, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e Tocantins.

Os jovens são de todos os estados do centro-oeste e participarão do projeto em duas etapas. A primeira será realizada no Instituto Adventista Brasil Central (IABC) em Planalmira, Goiás, quando os missionários receberão treinamento evangelístico e aulas de inglês durante os meses de maio e julho, seguido de estágios nas igrejas da região.

A partir de julho, a “Missão Total” será realizada diretamente no campo missionário, os jovens serão divididos em equipes e irão para locais onde a presença adventista ainda é pequena ou inexistente.

Segundo Nelson Milanelli, pastor dos jovens adventistas do Centro-Oeste, o projeto nasceu no coração de Deus e os jovens que decidiram participar do mesmo, sentiram o chamado do Senhor para dedicar oito meses de suas vidas para servir e salvar.

“Esse é um grupo de jovens de valor, apaixonados por Jesus que querem viver algo mais para Deus em suas vidas. Indo além de seus próprios sonhos e planos, decidiram dedicar esses meses de suas vidas exclusivamente para salvar outros”, conta emocionado.

A estudante Evelyn Serra (19) trancou a faculdade de Ciências Contábeis em Cuiabá - MT, deixou a família, amigos, trabalho e aulas de inglês para se dedicar à missão. “Espero crescer em todos os sentidos, principalmente o espiritual e quero levar muitas almas para Jesus”, contou. Ela disse que as pessoas a condenaram por sua decisão, mas ela deixou tudo por querer servir ao Senhor. “Vim porque foi à resposta de uma oração, não me arrependo”.

Para a professora Cintia Ferreira do Carmo, esse projeto será a oportunidade de ter um encontro real com Deus. “Quero ser usada por Deus, levar a mensagem do evangelho e transformar a vida das pessoas”, destacou. Cintia deixou os alunos da Escola Adventista de Corumbá, em Mato Grosso do Sul, onde trabalhava para ser missionária. “Foi difícil deixar meus alunos, meu trabalho, mas quero ter um encontro com Deus”, declara.

A primeira “Missão Total” conta com jovens de 18 a 35 anos, sendo estudantes e profissionais de diversas áreas. Eles ficarão no IABC em regime de internato nos dois meses de preparo e depois durante os meses de missão nas respectivas cidades escolhidas para o projeto, receberão uma pequena ajuda de custo de suas respectivas igrejas para as despesas de higiene pessoal. O item mais precioso que trouxeram na bagagem, porém,  é a disposição total de se entregar a Deus.

veja também