Jovens disseminam mensagens de paz através de ações sociais

Jovens disseminam mensagens de paz através de ações sociais

Atualizado: Segunda-feira, 22 Novembro de 2010 as 4:12

Quem nunca ouviu falar de emos, punks, metaleiros, hippies ou coloridos? É bem verdade que este neotribalismo contemporâneo vem se tornando uma realidade emergente entre as novas gerações nos dias de hoje. Mas em meio a todas essas novidades, antigas práticas sociais continuam evoluindo e conseguindo a adesão de muitos adeptos na sociedade.

Na era das tribos urbanas, em que a mistura de ritmos, cores, valores ideológicos e culturais multiplicam-se entre códigos, normas e costumes que regem a conduta dos jovens na atualidade, a música, a filantropia, consciência política e dedicação ao esporte resumem com vivacidade o perfil dos jovens e adolescentes em Campina Grande.

A cidade tem se tornado palco de várias ações sociais lideradas pela juventude local. Aliados à diversidade religiosa, grupos de jovens campinenses têm disseminado mensagem de paz e cidadania pela região. A igreja Bola de Neve, conhecida por muitos como 'igreja dos surfistas', há dois anos se instalou na cidade e é formada por cerca de 70% de jovens esportistas. A congregação ficou conhecida pelos trabalhos direcionados a dependentes químicos, adolescentes e crianças de rua, além do desenvolvimento de serviços voluntários.

Conforme ressaltou o pastor da igreja, Robson Zagabria, a instituição tem como missão proporcionar, aliado ao esporte, o resgate e a libertação espiritual através da palavra de Deus. "Uma das nossas atividades centrais é através do apoio espiritual, lutar pela recuperação de usuários de drogas e estimular a cidadania entre eles", destacou. A igreja oferece ainda aulas de Jiu Jitsu e projetos educacionais, em que são oferecidas aulas de reforços nas comunidades carentes. Além de promover dias 'D' em ações sociais, com atendimentos odontológicos, cortes de cabelo, entre outros. Todos esses projetos são liderados com a participação atuante da mocidade da igreja, que a cada ano vem ganhado um número maior de seguidores.

Outro exemplo de influência da juventude está nos trabalhos desenvolvidos pela Diocese de Campina Grande. A pastoral carcerária liderada por um grupo de jovens quase toda semana realiza uma série de trabalhos com presidiários dentro do Presídio do Serrotão. Além deste projeto, são realizadas atividades com meninos de rua, em que através de louvores, palestras, orações e oficinas artesanais, jovens buscam disseminar qualidade de vida para outros adolescentes.

De acordo com Franco Júnior, integrante do grupo de louvor da Igreja Católica Catedral, os jovens da comunidade têm participado mais ativamente dos projetos que envolvem a igreja. Uma das novidades no trabalho com a juventude foi a realização recentemente da 'Cristoteca', uma espécie de boate instalada no salão de eventos da Catedral, onde todos puderam louvar ao som de músicas religiosas remixadas.

"Na verdade o espaço foi criado para que jovens e adolescentes se alegrassem, dançando e cantando sem precisar fazer uso de bebidas alcoólicas, drogas ou sensualidade", frisou o ministro de Louvor, Franco Júnior. Na comunidade católica, os trabalhos sociais começam desde cedo. Várias catequistas levam as crianças e adolescentes que fazem a 1ª Eucarístia para uma tarde de orações e brincadeiras com as crianças atendidas no Instituto João Moura.

A força jovem evangélica também tem deixado sua marca na cidade. Ao som de diferentes ritmos musicais, a mocidade gospel tem divulgado mensagens de paz e amor ao próximo. O grupo de louvor Sobe Glória, formado há seis anos por 14 integrantes, com idades entre 14 e 20 anos, embalam os eventos musicais ao som de 'pagode gospel'. O ritmo, definido pelos seus integrantes como 'louvadeira', propõe alcançar pessoas levando mensagens bíblicas cantadas.

João Carlos Martins, um dos integrantes do grupo, afirma que o trabalho tem cativado pessoas não só de Campina Grande, como também de outros estados nordestinos. "Essa tem sido nossa arma para levar a palavra de Deus a todas as pessoas, em especial aos jovens", destacou. Todo o ministério é composto por jovens músicos, que tocavam na noite, em bares e casas noturnas, e decidiram mudar de vida.

veja também