Junta de Missões Nacionais apresenta os desafios da pátria à OPBB e UFMBB

Junta de Missões Nacionais apresenta os desafios da pátria à OPBB e UFMBB

Atualizado: Sábado, 23 Janeiro de 2010 as 12

Na parte da tarde do último dia das reuniões pré-convencionais, pastor Fernando Brandão, diretor executivo de Missões Nacionais, participou das reuniões da Ordem dos Pastores Batistas do Brasil e da União Feminina Missionária Batista do Brasil.

Na primeira reunião, cujo tema foi: O poder da Unidade na Evangelização, pastor Fernando falou dos avanços da obra missionária, agradeceu ao pastor Paulo Eduardo Vieira, da PIB em São Paulo, pelo apoio ao projeto Radical Cracolândia;  falou da missão de ministrar compaixão e graça, que tem dirigido as ações de Missões Nacionais e sobre a multiplicação de igrejas, lembrando que a plantação de igrejas que se multipliquem aumentará exponencialmente a capacidade de evangelização. Neste momento, desafiou os pastores a plantar uma nova frente neste ano de trabalho e a enviar voluntários para as Trans de julho.

''Muita gente diz que eu cheguei a Missões Nacionais com muita sede ao pote. Cheguei mesmo e tenho uma notícia: esta sede só tem aumentado'', destacando que sua sede não é de poder, mas tão somente de ver cada cidadão evangelizado em solo brasileiro.  Ao final de sua palavra, os pastores aplaudiram a obra missionária nacional.

Na UFMBB pastor Fernando agradeceu às mulheres pelo compromisso com a obra de missões no Brasil, compartilhou desafios e passou a palavra a Soraya Machado, missionária coordenadora do Radical Cracolândia que falou das maravilhas que Deus tem operado naquele lugar. Depois de ouvir dos dependentes químicos daquele local que ''as igrejas estão fechadas 24h, mas os traficantes estão aqui 24 horas'', agora os missionários estão alugando o local onde funcionará uma igreja que ficará aberta 24 horas por dia, para atender este clamor.

veja também