Levando a Água da Vida ao Sul da Ásia

Levando a Água da Vida ao Sul da Ásia

Atualizado: Quarta-feira, 16 Março de 2011 as 10:22

Em visita ao Brasil, o casal missionário que atua no Sul da Ásia, Dawei e Mali, falou um pouco sobre a experiência de levar a graça do Pai a uma região cujo número de muçulmanos chega a 70% da população.

Recentemente, a família missionária saiu de uma localidade considerada rica para a mais pobre, onde a base da economia é agrária e a entrada de drogas é intensa.

Com uma grande diversidade étnica e de dialetos, a região é considerada um desafio. O objetivo dos missionários é mapear todas as suas vilas e levar o Evangelho a lugares de difícil acesso. Para isso, o Pr. Dawei sonha com um grupo de jovens Radicais específicos.

Um dos investimentos da família missionária é a capacitação de obreiros locais. E esse trabalho já rende resultados, principalmente entre as mulheres. Uma jovem, por exemplo, foi evangelizar em uma vila na montanha e foi desafiada pelo líder local. Em tom de ironia, ele disse que ela só poderia permanecer por lá, caso o “seu” Deus fizesse chover naquela região castigada pela seca. A moça não pensou duas vezes e orou, pedindo que Deus mandasse a chuva que melhoraria as condições de vida daquela comunidade. O Senhor mais uma vez manifestou o seu poder e a chuva caiu no mesmo dia. A jovem ganhou a confiança da população e hoje tem liberdade para evangelizar, inclusive, oferecendo discipulado a duas ex-muçulmanas convertidas ao cristianismo.

Os missionários tentam amenizar um grande problema da região, que é a seca, através da abertura de poços. Eles já receberam a doação de um equipamento manual de perfuração, com autorização do governo estadual. O Pr. Dawei acredita que há salvação ao redor dos poços, assim como houve para a Mulher Samaritana, que recebeu Água da Vida oferecida pelo próprio Senhor Jesus, conforme relata a passagem de João 4.

veja também