Mais de 400 mil pessoas participam do evangelismo Amigos da Esperança

Mais de 400 mil pessoas participam do evangelismo Amigos da Esperança

Atualizado: Segunda-feira, 23 Maio de 2011 as 11:04

vO projeto Amigos da Esperança foi idealizado para incentivar os adventistas a levarem seus amigos ao conhecimento bíblico e de Deus. A principal ação deste projeto aconteceu no dia 16 de abril de 2011, nos oito países da América do Sul, mais de 20 mil Igrejas Adventistas, grupos e escolas abriram as suas portas para receberem seus visitantes. Neste dia, a Igreja na América do Sul contabilizou 406. 806 amigos presentes em alguma congregação adventista.

A criatividade e mobilização de todos os departamentos da Igreja Adventista na América do Sul surpreenderam. Na Igreja Adventista Central de Ji-Paraná, em Rondônia, por exemplo, uma pastora de outra denominação religiosa foi uma das participantes de um café da manhã realizado no dia dos Amigos da Esperança.

Na Bolívia, nas cidades de Santa Cruz e em Hamacas, as igrejas realizaram dois cultos com casa cheia. Já o pastor da região de Corumba e Puerto Quijarro pregou quatro vezes no dia para dar conta do grande movimento de membros e amigos.

Em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, o destaque foi o convite que um taxista fez a duas vizinhas. Darci Soares, juntamente com a esposa, aproveitou seu táxi para levar as amigas para a casa de Deus. Darci conta que está acostumado a levar as pessoas para diversos lugares da cidade, mas poder levá-las para a Igreja não tem preço.

Em Puno, os Amigos da Esperança chegaram em um barco todo enfeitando até a Ilha Flotante de los Uros numa altitude de 3.810 metros acima do nível do mar.  Já os turistas presentes em Machu Piccho, também no Perú, receberam palavras de esperança e o livro Todavía existe esperança.

Na Igreja Central de Cuiabá cerca 300 pessoas participaram de três cultos em horários alternativos (8h, 10h30 e 12h), criados com o objetivo de acomodar e receber as pessoas que foram à igreja no Dia dos Amigos da Esperança. Recepcionistas uniformizadas cumprimentaram os visitantes à porta e entregaram-lhes o livro “Ainda Existe Esperança”. A Igreja Adventista do Sétimo Dia do Zerão, distrito do Buritizal, em Macapá, realizou o Projeto Vida por Vidas e uma ação social no dia do projeto “Amigos da Esperança”. As atividades receberam o apoio do Instituto de Hemoterapia (HEMOAP) e Serviço Social do Comércio do Amapá (SESC-AP). O evento que aconteceu nos dias 16 e 17 levou o projeto de doação de sangue aos moradores do bairro que também foram beneficiados com a ação social.

A educação adventista também se envolveu no projeto. Os funcionários e professores da Escola Adventista de Palmas abriram os seus lares para as famílias dos alunos pertencentes a outras congregações religiosas. O Colégio Adventista da Liberdade, em São Paulo capital, preparou um coquetel especial para as 63 famílias que conheceram os Amigos da Esperança, no dia 16 de abril. Mais de 250 convidados ouviram a mensagem da esperança da volta de Jesus.

Logo depois do dia dos Amigos da Esperança, 172, 645 lares de esperança se abriram para realizar a semana santa com 336.204 pessoas.

veja também