Mais uma história de sucesso no Lar Batista F.F. Soren

Mais uma história de sucesso no Lar Batista F.F. Soren

Atualizado: Quarta-feira, 12 Janeiro de 2011 as 10:47

Em outras ocasiões, a Junta de Missões Nacionais relatou em suas histórias de sucesso de ex-internos dos lares sustentados pela agência que, ao completarem 18 anos, precisaram deixar a instituição, passando a viver novas experiências, agora na fase adulta da vida. Dessa vez, a história a ser contada é a de Dili Donald Freitas Costa, que por muitos anos viveu no Lar Batista F.F. Soren e, agora, aos 18 anos, vive a realização de um grande sonho: o ingresso para o curso superior.

Dili chegou ao Lar Batista F.F. Soren aos 9 anos de idade. Sempre foi bastante estudiosa. Em Itacajá, TO, estava entre os melhores alunos das escolas onde foi matriculada. Ano passado cursou o pré-vestibular e, após meses de grande dedicação, passou para os dois vestibulares que se inscreveu. Dili contou que pretende matricular-se na Universidade Federal do Tocantins, onde cursará Ciências Biológicas.

A conquista também trouxe grande felicidade aos novos pais de Dili: os missionários pr. Robson e Judite Rocha. Os obreiros, que já dirigem o Lar, sentindo no coração um apreço especial por Dili, decidiram adotá-la. Segundo a missionária Judite, o afeto de Samara, a filha mais nova do casal, para com Dili foi um dos fatores que pesaram na decisão. A menina, de 7 anos, já se referia a Dili como "maninha".

"A gente via esse vínculo se fortalecendo na família, mas não sabíamos a proporção dele até que a Dili completou 18 anos e sairia da instituição. Nesse momento a gente viu o quanto a amávamos", lembrou Judite.

Feliz com as conquistas e o modo como Deus escreveu a história de sua vida, Dili deixa um belo recado: "É bom fazer a vontade de Deus porque não sabemos o que nos aguarda o futuro, mas Ele sim. Quero agradecer a Deus, ao meu papai, minha mamãe e minha maninha que me apoiaram e sempre estiveram ao meu lado; às crianças e missionários do Lar que torceram por mim; aos amigos também. Obrigada, Deus".

veja também