Meninas do vôlei recebem botom missionário do projeto Radical

Meninas do vôlei recebem botom missionário do projeto Radical

Atualizado: Quarta-feira, 26 Outubro de 2011 as 10:30

Os voluntários do projeto radical Latino-Americano vêm anunciando o Evangelho em Guadalajara, no México, durante os Jogos Panamericanos. Através das estratégias missionárias desse grupo, atletas como as jogadoras da seleção brasileira de vôlei, ganhadoras da medalha de ouro, e demais pessoas envolvidas na organização do evento têm a oportunidade de ouvir as boas novas da Palavra de Deus.

Na última quarta-feira (20), os voluntários, chamados de “Radicais”, atuaram no Complexo Pan-Americano de Vôlei, em Guadalajara, com a missão de apoiar o departamento de árbitros, assim como aos atletas. No local, os evangelistas usaram o botom “Más que el Oro” (“Mais que o Ouro”, em português).

“Más que el Oro” é uma organização de evangélicos que atua nos principais eventos esportivos mundiais, como Olimpíadas, Copa do Mundo e Jogos Pan-Americanos. Nessa edição dos Jogos Panamericanos, os Radicais se uniram a eles e estão anunciando a mensagem da salvação em Guadalajara.

Os jovens puderam compartilhar o plano de salvação momentos antes da cerimônia de entrega das medalhas às meninas do vôlei.

Naqueles breves momentos os evangelistas compartilharam com as atletas a seguinte mensagem: o ouro que estão recebendo é importante, porém perecível, já a salvação que Jesus Cristo conquistou morrendo na cruz por amor a você, é muito mais valiosa e eterna.

No pódio pôde ser visto que várias atletas levavam o boton ‘Más que el Oro’ em seu peito, na mesma hora em que recebiam a honraria máxima dos jogos: a medalha de ouro.

De acordo com a Junta de Missões Mundiais (JMM), naquela noite também outras 27 pessoas puderam ser evangelizadas e receberam os botons, sendo que 11 tomaram sua decisão por Cristo.

A equipe de “Radicais” trabalha diretamente com a organização do Pan, e, por meio de conversas informais, diz que mais de 200 pessoas já foram evangelizadas e que 30 já fizeram sua decisão.

veja também