Militares prendem 17 jovens soldados cristãos

Militares prendem 17 jovens soldados cristãos

Atualizado: Quinta-feira, 1 Abril de 2010 as 12

No sábado, 27 de março, militares prenderam 17 jovens que estavam reunidos para orar em uma cidade chamada Segenaite, próxima a Adi-Kihe, sul da Eritreia. Os homens aparentemente são soldados cristãos cumprindo com o serviço militar obrigatório. Eles pertencem a várias igrejas.

No momento da publicação da matéria, os homens ainda estavam detidos na cela da delegacia de polícia em Segenaite. Não está claro se eles serão transferidos para outro cento de detenção no país.

Esse incidente aumenta para 28 o número registrado de cristãos que foram presos desde o início de março, por se recusarem a cultuar fora das igrejas sancionadas pelo governo: a Igreja Católica Ortodoxa e a Evangélica Luterana. Fontes indicam que mais de 2.200 cristãos permanecem na prisão por causa de sua fé em Cristo.

Fontes pediram que os cristãos em todo o mundo continuem a orar pela intervenção de Deus na Eritreia.

veja também