Ministério ajuda chineses com deficiência auditiva

Ministério ajuda chineses com deficiência auditiva

Atualizado: Terça-feira, 9 Novembro de 2010 as 8:56

Na China, cerca de 72 milhões de pessoas não têm acesso a educação e trabalho por causa de uma deficiência auditiva. Muitos surdos acabam encontrando aceitação apenas em gangues. Mas o Coração e Mãos, um ministério cristão com base em Kunming, Yunnan, no sudoeste da China, trabalha para mudar essa realidade.

Através do ministério os deficientes auditivos aprendem língua de sinais, ler, escrever e uma profissão. Eles também aprendem sobre Cristo. "Os chineses surdos são muito abertos ao evangelho, pois qualquer deficiência é considerada uma maldição", diz Jane Ramsey, que ensinou inglês na China por 25 anos e entrou para o ministério em 2004.

O ministério realiza oficina de formação abordando itens bíblicos como bonecos, travesseiros, mantas e itens de madeira. O grupo também trabalha na loja para vender os itens.

Jane Ramsey, coordenadora de projetos especiais do ministério Coração e Mãos, diz que o grupo oferece aos deficientes, esperança de um futuro melhor.

Ela diz que teve que aprender esta lição se quando ela ficou parcialmente surda após o nascimento de seu filho em 1970.

"Deus pode usar qualquer um desde que esteja disposto. Passei por um momento difícil quando fiquei totalmente surda. A minha surdez era algo que eu nunca pensei que pudesse glorificar a Deus, mas louvo a Deus por isso", conclui

veja também