Missionário fala sobre trabalho realizado com surdos no Equador

Missionário fala sobre trabalho realizado com surdos no Equador

Atualizado: Quinta-feira, 3 Março de 2011 as 11:08

O missionário Paulo Garbino recebeu um convite da coordenadoria de uma Instituição do Governo que trabalha com surdos e cegos em Cuenca, Equador. Essa Instituição (onde predomina os surdos) tem o apoio do Ministério de Cultura e conta com a participação de uma irmã da Primeira Igreja Batista local.

Entendendo que essa é mais uma porta que Deus está abrindo para que a graça do Pai chegue até os equatorianos, Paulo Garbino já começou o trabalho no dia 22 de fevereiro.

“O povo está contente com a nossa presença. Os jovens e crianças estão felizes por serem treinados por um brasileiro! Agora, nosso desafio é fazer um KidsGames com os surdos”, diz o missionário.

Ele está trabalhando com duas turmas: meninos (futebol) e meninas (basquete). Ambos estão se preparando para as Olimpíadas de Maio, que acontecerá no dia 19 desse mês. Participarão das olimpíadas todas as instituições do governo que trabalham com surdos e cegos em Azuay.

Azuay é uma província do Equador cuja capital é Cuenca. O desejo de Paulo é continuar trabalhando com aqueles jovens mesmo depois das Olimpíadas, naquela localidade. Porém, até agora, o convite foi para treinar os jovens para esse evento esportivo.

O convite foi feito ao nosso missionário porque um dia, junto com um casal de missionários americanos, foram conhecer o Instituto. Ao saberem que Paulo Garbino era do Brasil e trabalhava com esporte, a coordenadora daquela instituição pediu sua ajuda para treinar as equipes. Ore por esse trabalho e pelo grande desafio que Paulo Garbino tem, ainda, em aprender a linguagem de sinais para desenvolver melhor esse ministério.

Louvamos a Deus porque os missionário poderão falar, livremente, sobre a Bíblia e a mensagem do Evangelho de Jesus naquele evento esportivo.

Por Por Ailton Figueiredo

veja também