Missionários alertam professores e alunos sobre o malefício das drogas

Missionários alertam professores e alunos sobre o malefício das drogas

Atualizado: Sexta-feira, 13 Novembro de 2009 as 12

Os missionários Marcos e Alessandra Azevedo iniciaram o projeto Liberdade sem drogas que visa prevenir jovens e adolescentes quanto aos riscos do uso das drogas. Nesta semana, em uma escola da cidade de Barra da Estiva/BA, apresentaram a palestra a sete turmas no horário noturno.

Cerca de 90 pessoas, entre alunos e professores, foram alertados sobre os malefícios causados pelas drogas e orientados sobre como evitar o envolvimento com os tóxicos. O pastor Marcos se colocou à disposição para conversar individualmente com cada pessoa e grande número dos alunos anotou telefone e e-mail do pastor para fazer contato futuro. "Há alguns meses percebemos que o número de usuários tem aumentado, principalmente entre jovens e adolescentes. Não podemos ficar parados!", afirmou o missionário.

Como o envolvimento com as drogas é algo que tem afligido todas as cidades, desde os grandes centros até o interior, muitos missionários estão dispostos a iniciar o projeto em seus campos. Diante de tamanho desafio, é preciso agir em diferentes linhas para vencê-lo. Assim missionários dos campos podem fazer diferença, orientando crianças, jovens e adolescentes, evitando que estes venham a se envolver com drogas; a evangelização em meio a focos de consumo e tráfico de drogas é importante para anunciar que há esperança em Jesus; e as comunidades terapêuticas entram auxiliando na restauração destas vidas.

Ampliando sua ação neste combate, Missões Nacionais inaugura neste dia 30 de novembro a comunidade terapêutica Élcia Barreto Soares, destinada a atender mulheres vítimas da dependência química. A comunidade funcionará em Campos dos Goytacazes/RJ.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também