Missionários promovem bazar evangélistico

Missionários promovem bazar evangélistico

Atualizado: Quarta-feira, 10 Novembro de 2010 as 10:15

Nos próximos dias 14 e 15 de novembro, a Missão Batista em Saltinho realizará o II Bazar de roupas no Centro Comunitário da cidade com o objetivo de evangelizar a comunidade. "Começaremos no dia 13 com evangelismo de casa em casa para conseguirmos novos lares para estudos bíblicos junto com uma caravana da PIB do Jardim Zaira, Mauá/SP, e no domingo à noite após o Bazar realizaremos o culto da missão no Centro Comunitário", compartilhou o pastor Sandro Fernandes Pereira, missionário na cidade.

Um fato sobre a realização do bazar destaca a relevância da contextualização do trabalho. No início, os missionários foram abençoados por uma caravana com irmãos para a realização de trabalhos sociais. Ferramenta muito usada e com êxito em vários campos, porém em Saltinho (cidade de classe média/média alta) apenas uma pessoa apareceu para ser atendida, depois de muita insistência. Outras tentativas foram feitas pelos missionários, sempre com um resultado abaixo das expectativas.

Neste ano, uma irmã da Missão teve a ideia de realizar um bazar de roupas com o objetivo de arrecadar recursos para compra do terreno. "Para nossa surpresa, pois estávamos desacreditando, descobrimos que as mulheres de nossa cidade apreciam esse tipo de trabalho". Nesta ocasião, pessoas que nunca haviam entrado em um trabalho evangélico compareceram ao I Bazar. Algumas deixaram seus nomes e pedidos de oração, e assim a barreira em alguns corações foi quebrada.  Semanas depois, os missionários eram parados pela rua por algumas mulheres que perguntavam quando haveria outro.

Para a realização do II Bazar, a Missão contou com grande doação da Igreja Batista Ebenezer da Mooca, após arrecadação feita pelo pastor Manuel de Jesus Thé que chegou, de surpresa, com o carro cheio de roupas doadas. "Louvado seja o Senhor que tem respondido nossas orações para termos estratégias e parceiros que nos ajudam na execução das mesmas", finalizou o missionário.

veja também