Morte para alguns significa pranto, para outros é motivo de risos.

Morte para alguns significa pranto, para outros é motivo de risos.

Atualizado: Quinta-feira, 30 Abril de 2009 as 12

As reações frente a morte pode até escandalizar aquele que não conhece algumas culturas 

Ingrid Cicca

[email protected]

Nem todos os povos encaram a morte e os mortos da mesma forma. Para muitas religiões, principalmente entre os espíritas, os budistas e os hindus, a morte é vista como uma etapa da vida, pois eles crêem na reencarnação da alma. Os hindus, povos que acreditam em diversas divindades, também tem a tradição de cremar e lançar as cinzas dos corpos sobre o Ganges, o rio sagrado, na Índia. Já os budistas seguem a tradição de relembrar os mortos em cerimômias realizadas em como sete dias, 13 anos e 33 anos após a morte.

No México, por exemplo, o Dia dos Mortos é motivo para celebração. A tribo dos Tarahumaras, situada no Méxixo realiza uma festa para parentes e amigos para então anunciar a morte de um ente querido.  Contrário dos navajos, que também vivem no México. Quando alguém morre, eles abandonam a casa do falecido e sequer tocam mais nela.  Eles têm muito medo dos hospitais porque sabem que neles as pessoas morrem.

Os índios kamaiurás, da Reserva do Xingu, em Mato Grosso, uma vez por ano realizam o quarup, uma cerimônia para que os espíritos de seus mortos sejam libertados e possam ir para a "aldeia das almas?.

Mas, o que diz a Bíblia a respeito da morte?

"...ao homem está destinado a morrer uma só vez e depois disso enfrentar o juízo,  (...)" (Hb 9:27).

Segundo a Bíblia Sagrada há três tipos de morte:

Morte Espiritual

A morte espiritual é um estado em que todos se encontram antes de aceitar a Cristo como Salvador. Toda pessoa, sem exceção, a Bíblia considera mortas Espiritualmente, a não ser que a pessoa se arrependa dos seus pecados, reconhecendo seu estado de morte espiritual e o sacrifício vicário de Jesus na cruz.

(Efésios 2:5: "deu-nos vida com Cristo, quando ainda estávamos mortos em transgressões - pela graça vocês são salvos.?)

Morte Carnal ou Natural

A morte Carnal é a morte que naturalmente ocorrerá quando a alma do ser humano deixar de habitar no corpo material que temos. Sabemos que esse corpo carnal é passível de doenças, envelhecimento e que é sensível a quaisquer circunstâncias violentas que ocasionam danos corporais graves. Essa morte carnal a Bíblia considera, mas também afirma que esse corpo não será esquecido jamais, pois um dia todos, vivos e mortos, terão seus corpos transformados (ainda que o corpo carnal tenha se revertido em cinzas) e todos terão novo corpo, mas uns terão corpos que ressuscitarão para vida e outros terão corpos que ressuscitarão para a morte eterna.

(Hebreus 9:27: "Da mesma forma, como o homem está destinado a morrer uma só vez e depois disso enfrentar o juízo...?)

Morte Eterna

A Bíblia afirma que, após a ressurreição de toda a carne, haverá também uma segunda morte que ocorrerá com aqueles que tiveram uma morte natural ainda sendo mortos espirituais, ou seja, que não se arrependeram dos seus pecados e não reconheceram o sacrifício de Cristo na Cruz do Calvário. Para esses a segunda morte será um novo estado que durará para sempre; um estado de prisão e de muito choro e ranger de dentes, o que a própria Bíblia chama de Ades ou Inferno.

(Apocalipse 6:14:  "Então a morte e o Hades foram lançados no lago de fogo. O lago de fogo é a segunda morte.?)

Leia também

A cultura determina hábitos alimentares de muitos povos Morte para alguns significa pranto, para outros é motivo de risos O corpo fala Hábitos alimentares dos povos O drama das mulheres muçulmanas Ratos: temidos por uns e adorados por outros

veja também