Muçulmano se entrega a Jesus após páginas da Bíblia com o 'Pai Nosso' surgirem em sua porta

As páginas da Bíblia surgiram repentinamente na porta de sua casa, o que ele viu como um sinal de Deus para a sua vida.

fonte: Guiame, com informações do Faith Wire

Atualizado: Sexta-feira, 18 Outubro de 2019 as 10:36

Até hoje, o ex-muçulmano guarda em sua Bíblia, as páginas que surgiram inusitadamente à porta de sua casa. (Foto: Facebook / Lee Grady)
Até hoje, o ex-muçulmano guarda em sua Bíblia, as páginas que surgiram inusitadamente à porta de sua casa. (Foto: Facebook / Lee Grady)

Quem disse que a cena de um filme não pode despertar a mente de alguém para o amor de Jesus? Foi em 2016 que um homem muçulmano iraniano — usaremos para ele o nome fictício "Bahram", por motivos de segurança — assistiu ao filme de guerra "Hacksaw Ridge" ("Até o Último Homem"), que conta a história do soldado cristão Desmond Doss, que entrou para história ao decidir ir para a guerra desarmado e recebeu a Medalha de Honra do Congresso por seu serviço como médico, durante a Segunda Guerra Mundial.

Há uma cena momentânea no início do filme, quando uma litografia emoldurada da Oração do Pai Nosso — ensinada por Jesus na Bíblia — é exibida na tela perto de Doss:

"Pai nosso que estais nos céus, Santificado seja o Vosso nome. Venha a nós o Vosso Reino. Seja feita a Vossa vontade, Assim na Terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje. Perdoai as nossas ofensas, Assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido. E não nos deixeis cair em tentação", diz o trecho.

Antes de assistir ao filme, Bahram nunca tinha ouvido falar da Oração ensinada por Jesus Cristo, segundo Lee Grady, escritor e missionário cristão que mora na Geórgia. Mas essa dificilmente seria a última vez que ele veria a passagem.

Curioso sobre o significado da oração, Bahram, que agora vive em Perth, na Austrália, procurou saber mais sobre a prece na internet. Então, alguns dias depois, duas páginas soltas arrancadas de uma Bíblia apareceram na porta de Bahram, aparentemente sopradas pelo vento.

As duas páginas eram de Lucas 11, nas quais a Oração do Pai Nosso é citada.

"Bahram viu isso como um sinal de Deus e entregou sua vida a Cristo", escreveu Grady. "Até hoje, ele mantém essas páginas em sua Bíblia persa como um lembrete de que Jesus veio procurá-lo".

Contexto

Grady recebeu esse relato sobre a incrível conversão de Bahram ao cristianismo durante uma recente viagem a Perth, onde falou com vários iranianos que se entregaram a Jesus. Vários deles estão dizendo que o cristianismo está prosperando no país do Oriente Médio.

Vários relatórios nos últimos anos mostraram que a Igreja - apesar de enfrentar uma incrível perseguição religiosa - está prosperando no Irã, onde os crentes são forçados a praticar sua fé de maneira clandestina.

Um documentário de duas horas, lançado recentemente, “Sheep Among Wolves” ("Ovelha entre Lobos"), conta a história de iranianos, a maioria mulheres, liderando o avivamento cristão que está transformando o país de maioria muçulmana.

"A igreja que mais cresce no mundo se enraizou em uma das nações mais inesperadas e radicalizadas do mundo", segundo o documentário. "O despertar iraniano é um movimento de discipulado em rápida reprodução que não possui propriedades ou edifícios, não tem liderança central e é predominantemente liderado por mulheres".

Não há dúvida de que algo poderoso está acontecendo no Irã e entre os fiéis iranianos. Por favor, ore por aqueles que enfrentam perseguição por sua fé e pelo crescimento contínuo da igreja cristã no Irã e em todo o mundo.

veja também