Mutirão da cidadania registra mais de 22 mil atendimentos

Mutirão da cidadania registra mais de 22 mil atendimentos

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:55

No último sábado (12/02), a Praça Princesa Isabel, na região central de São Paulo, recebeu milhares de pessoas que acordaram mais cedo para aproveitar os serviços gratuitos nas áreas de saúde, cidadania, social e cultura oferecidos pelo II Mutirão da Cidadania no Centro. A iniciativa, promovida pela Rede Social do Centro, contou com o apoio dos setores público e privado para ofertar benefícios como emissão de documentos e carteira de trabalho, direcionamento a vagas de emprego, cursos de artesanato para geração de renda, aconselhamento jurídico e atendimentos médico, psicológico e espiritual. Foram ainda disponibilizadas vagas em centros de amparo para moradores de rua e dependentes químicos.

Com o apoio de 400 voluntários mobilizados para auxiliar a população, o Mutirão realizou cerca de 22 mil atendimentos efetivos entre 10h00 e 18h00, um aumento de mais de 300% em relação ao número registrado em sua edição de 2010. Para atingir este recorde, o evento deste ano contou com a participação de entidades como Ministério Público Estadual, Ministério Público Federal, Defensoria da União e do Estado, Subprefeitura ds Sé, Juizado Especial Federal, Justiça Federal, Secretaria de Segurança Pública, Secretaria Municipal de Saúde e Assistência Social, Secretaria Municipal do Trabalho, INSS, Cruz Vermelha, Sesi, Igrejas e Missões Sociais Cristãs da região central, entre outros, reunidos nas 32 tendas localizadas na Praça.

Entre os destaques do Mutirão, foram contabilizados 59 casos de viciados em drogas orientados no local, sendo que 17 seguiram para internação voluntária, número que impressionou os organizadores. “Fomos positivamente impactados pela intensa procura por auxílio gerada por este serviço”, comenta o Pastor Daniel Checchio, coordenador geral do Mutirão da Cidadania no Centro. Além disso, emissão primeira e segunda via de R.G e carteira de trabalho, exames para detecção de doenças, corte cabelo e assistência legal figuraram na lista dos mais procurados. No total, foram 2.496 atendimentos no setor de Cidadania, 6.009 no setor de Cultura, 1.136 no setor Social e 12.303 no setor Saúde.

O Mutirão teve também intensa programação dedicada a crianças, jovens, adultos e idosos ao longo de todo o dia, com atividades lúdicas e de recreação, incentivo à prática de esportes e apresentações de teatro e shows de hip hop, samba, rock e gospel, entre outros.

“Ao final da ação, tivemos a real medida da eficácia desta soma de iniciativas multidisciplinares apoiadas por entidades públicas e privadas com o objetivo único de oferecer gratuitamente serviços à comunidade. Só a partir desta união de forças é possível abrir novos caminhos para a reinclusão social daqueles que se encontram em dificuldades e precisam de apoio, mas não sabem por onde começar”, ressalta Checchio.

O Mutirão da Cidadania no Centro é uma iniciativa realizada pela Rede Social do Centro em parceria com Fecomércio, Hospital Sírio-Libanês, Subprefeitura da Sé, Secretaria Municipal de Saúde, SMADS, Conseg, Projeto Centro Legal, Secretaria da Segurança Publica, Cruz Vermelha Brasileira, Procuradoria Geral da República - SP, Ministério Publico Estadual, INSS, Justiça Federal, Comunidade Evangélica do Bixiga, Consórcio Nova Luz, Porto Seguro, Clinica Veredas, Comunidade Terapêutica Reviver, Primeira Igreja Batista de São Paulo, Missões Cristãs do Centro, Defensoria Pública da União, Defensoria Pública Estadual, Igreja da Família, Cristolândia, Missão Cena, Sabesp, SP Turis.

Sobre a Rede Social do Centro - A Rede Social do Centro nasceu do anseio de um grupo de pessoas em maio de 2010, reunidas em um hotel no centro de São Paulo que, inicialmente, realizariam um show musical na Praça Princesa Isabel com o intuito de fazer uma aproximação com moradores de rua e usuários de crack, e posteriormente tentar-se uma reinserção social.

Como o caminhar em rede é um aprendizado constante, foi dado início às reuniões que ocorrem mensalmente em diferentes locais na região do Centro da Cidade de São Paulo, contando com a participação do poder público em seus diferentes níveis Federal, Estadual e Municipal, e de ONGs e Missões Cristãs que atuam na região central de São Paulo, tendo como norte o seguinte lema: “Despertar a cidadania, para um futuro melhor”.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições