“Não volto para casa como saí, fui transformada”, diz Marquezine após missão na África

A atriz Bruna Marquezine passou os últimos dias na Aldeia Nissi, uma base missionária na província de Bié, em Angola.

fonte: Guiame

Atualizado: Terça-feira, 2 Abril de 2019 as 11:05

Atriz Bruna Marquezine carregando um bebê albino em Kuito, Angola. (Foto: Vatanabe Cruz)
Atriz Bruna Marquezine carregando um bebê albino em Kuito, Angola. (Foto: Vatanabe Cruz)

A atriz Bruna Marquezine voltou “transformada” de sua experiência na Aldeia Nissi, que cuida de cerca de 1.206 crianças e 245 famílias na cidade do Kuito, na província de Bié, em Angola.

“Eu espero ter feito por vocês pelo menos um pouco do que vocês fizeram por mim. Não volto pra casa como saí. Fui transformada. Feita nova. Ele me curou através da vida de cada um que cruzou meu caminho”, disse a atriz nesta segunda-feira (1º) em sua conta no Instagram.

“Serei sempre grata por cada olhar afetuoso, por cada sorriso genuíno, por cada abraço, por cada palavra edificante, por toda a generosidade e por honrarem a minha vida mesmo quando não me achei merecedora. Obrigada por me mostrarem o real caráter de Cristo. Aprendi tanto. E nada que eu faça ou tenha feito será suficiente para retribuir tudo o que recebi”, Bruna acrescentou.

Bruna visitou Angola à convite da cantora Priscilla Alcantara, que foi até a base da Aldeia Nissi com um grupo de amigos e missionários — a quem a atriz expressou sua gratidão.

“Obrigada pelo sim de cada um de vocês a Ele, família. Obrigada por estarem tão disponíveis e dispostos a cumprir seus chamados. Vocês foram extremamente usados e marcaram minha vida. Foi uma honra dividir todos aqueles momentos com vocês. Contem sempre comigo pra tudo!”, disse Bruna sobre os companheiros da missão. “É só o começo”.


Bruna Marquezine, Priscilla Alcantara, Caique Oliveira e companheiros de viagem na África. (Foto: Reprodução/Instagram)

Fundada em 2008 por Caique Oliveira, a Aldeia Nissi oferece ensino escolar até o 11º ano, cursos de artes e refeições para as crianças. Além disso, as famílias e viúvas cadastradas recebem uma cesta de alimentos semanalmente.

Em seu Instagram, Bruna incentivou uma campanha de arrecadação de fundos para a ampliação da estrutura em Kuito, devido o aumento do número de crianças e adolescentes atendidas. Até o momento, foi angariado o valor de R$ 264.359,46 através do site vakinha.

Priscilla Alcantara também falou sobre sua experiência em Angola, afirmando que viu o “avivamento”. “Não o vi no fogo. Não o vi na chuva forte. Não o vi no vento impetuoso. Eu vi o avivamento numa brisa suave, no olhar de gente. Em abraços e sorrisos. Na generosidade e na cultura da honra. Eu vi o avivamento quando amei e fui amada”, disse no Instagram.

“Estamos procurando a coisa certa nos lugares errados, mesmo. Meu medo é da gente ter entendido mas não ter correspondido. É da gente ter pregado mas não ter exercido. Todo dia eu me lembro: ‘não é sobre quem faz, é sobre o que tem que ser feito’. Eu não quero perder nem passar a vez”, acrescentou a cantora.


Bruna Marquezine e Priscilla Alcantara em viagem na África. (Foto: Reprodução/Instagram)

Priscilla observou que o amor é a linguagem mais poderosa sobre quem Deus é. “Corremos atrás de sermos os melhores nos nossos ofícios, mas por que não nos esforçamos tanto assim pra sermos os melhores em amar? Ainda mais quando a Bíblia nos dá a certeza de que de todas as coisas, o amor é a maior delas?", questionou.

"Será que quando as pessoas pensam em quem melhor sabe amar, elas pensam na Igreja? Pois deveríamos ser a primeira opção a vir à mente, já que somos o Corpo daquele que é o próprio Amor e que primeiro nos amou para que hoje soubéssemos amar com o perfeito amor: o amor incondicional. Às vezes somos tão rasos… Precisamos voltar a falar sobre 1 Coríntios 13”, concluiu.

veja também