Índia: Polícia prende onze cristãos

Índia: Polícia prende onze cristãos

Atualizado: Quinta-feira, 4 Fevereiro de 2010 as 12

No dia 1 de fevereiro de 2010, onze cristãos tribais, incluindo quatro mulheres, que vivem no distrito de Kodagu, no Estado de Karnataka, foram retirados de suas casas e presos por supostas acusações de ''realizar conversão forçada'' pela polícia do Estado.

De acordo com o grupo Global Council of Indian Christians (GCIC), os cristãos foram retirados de suas casas e levados para a delegacia.

A fonte informou que os cristãos foram torturados até que aceitaram a falsa queixa registrada contra eles por líder do grupo radical hindu, Rashtriya Swayam Sevak (RSS).

O GCIC também relatou que os cristãos presos eram membros da Igreja Beraka, no vilarejo onde o pastor Phelomena Raj ministra. A igreja foi aberta a 30 anos atrás, e reúne 250 cristãos de todos os vilarejos vizinhos.

Os cristãos foram presos na prisão Madikeri no dia 2 de fevereiro.

veja também