Nova igreja batista investe na vida dos colombianos

Nova igreja batista investe na vida dos colombianos

Atualizado: Quarta-feira, 17 Agosto de 2011 as 10:58

O sonho da missionária Carmen Lígia Ferreira e o de sua saudosa companheira de missão em Medellín, na Colômbia, Ana Lóide Soares Leão, tornou-se uma grata realidade. No dia 17 de julho foi organizada a Igreja Batista Missionária de Medellín, antes congregação. Para celebrar o momento foi realizado um grande culto com a participação de vários irmãos e pastores de outras igrejas, entre eles o Pr. Marcos Davi e sua esposa Andréa, da Igreja Batista de Jardim das Indústrias, em São José dos Campos/SP. Cerca de 250 pessoas estiveram presentes à cerimônia.

Tudo começou em junho de 2009, quando numa reunião com o presidente e o secretário executivo da Convenção Batista Colombiana foi assinado um convênio para que o casal Nelson e Patricia Isaza se tornassem obreiros da terra e, juntamente com as missionárias da JMM Carmen Lígia e Ana Lóide, trabalhassem para levantar uma nova igreja no bairro A Milagrosa, onde há uma forte idolatria.

A convenção estava preocupada com a quantidade de templos batistas que haviam sido fechados e propôs essa parceria com a Junta de Missões Mundiais, a fim de abrir novas igrejas, usando os templos que estavam fechados.

A igreja cresceu através de atividades como evangelismo, culto nas praças, células nos lares, cursos, esportes e também do PEPE, programa missionário socioeducativo. “A cada batismo somos contagiados com a alegria de cada novo crente ao receber a sua Bíblia presenteada pela igreja”, revela a missionária Carmen Lígia.

Meses antes de partir para a glória do Pai, em 13 de julho de 2010, a missionária Ana Lóide deixou a seguinte mensagem: “Muitas vezes pensamos no sacrifício de Jesus por nós na cruz. Todo o seu sofrimento, humilhação e sangue derramado com um só propósito: salvar o que se havia perdido. Um dia alguém respondeu ao chamado para cumprir a missão e, por isso, hoje conhecemos a Jesus Cristo e somos salvos. Fomos alcançados porque alguém cumpriu o chamado de abrir uma nova igreja.

E agora, querido irmão em Cristo, existe alguém esperando que você também cumpra o chamado. Você ama tanto a Deus a ponto de dizer: ‘Senhor, eis-me aqui, envia-me para ganhar outros para Cristo.’? Não se esqueça que alguém, em alguma parte do mundo, sofre sem conhecer a Jesus. Essa pessoa espera por você”.

Na Colômbia ainda há centenas de igrejas fechadas. Clame ao Senhor por novos obreiros decididos a fazerem a obra missionária naquela nação.    

veja também