Novo marco é atingido pelo ministério "Cristãos contra a pobreza"

Novo marco é atingido pelo ministério "Cristãos contra a pobreza"

Atualizado: Quinta-feira, 24 Novembro de 2011 as 2:07

O ministério “Cristãos contra a pobreza” atingiu um novo marco com a milésima igreja a participar de seu curso. Esse trabalho luta contra a pobreza há 15 anos. Porém, a proposta específica de implantar cursos em igrejas para que elas abençoem sua comunidade começou há apenas três.

O curso é realizado em diversas igrejas onde seus membros são treinados para que possam executá-lo em suas instalações e passar a sabedoria para suas comunidades locais.

Fundamentalmente, isso ajuda as pessoas a verem o quanto eles estão gastando cada semana para se manter fora da espiral devastador da dívida.

Neste fim de semana a 1.000 º igreja também aprendeu essas habilidades a fim de salvar vidas, também através da área financeira em Londres.

"Na curta história do projeto algo em torno de 20.000 pessoas - e isso é uma estimativa baixa - estão neste curso livre fazendo revisão de suas finanças pessoais", disse o chefe executivo da associação, Matt Barlow.

"Isso é, 20.000 pessoas agora sabem como priorizar os seus gastos; como fazer e se manter no orçamento; como evitar e se salvar de dívidas. Parece simples, mas se ninguém nunca lhe ensinou, é algo que você precisa aprender", explica.

Igrejas de todas as denominações têm aplicado o curso nos últimos três anos e procuram apoiar as pessoas que se encontram vulneráveis pela crise econômica.

Margaret Butler é um dos membros da 1.000 º congregação que recebeu o treinamento.

Ela disse que estava cada vez mais consciente da necessidade de locais para as pessoas obterem melhor aconselhamento sobre como gerenciar seu dinheiro e a congregação queria aprender como ajudar a sua comunidade nesse tempo de crise econômica.

"Estamos em processo de restauração do salão da igreja, então vi algo sobre aprender a administrar bem seu dinheiro e pensei, 'isso é maravilhoso! Precisamos começar este curso’. Outras pessoas da congregação pensaram o mesmo e sentimos que Deus estava nisso. Nosso objetivo é ter o nosso primeiro curso no ano novo", conta entusiasmada.

veja também