O drama das mulheres muçulmanas

O drama das mulheres muçulmanas

Atualizado: Quinta-feira, 30 Abril de 2009 as 12

As mulheres no Afeganistão sofrem sérias restrições quanto a sua liberdade e ao seu direito de ir e vir. A começar pelas vestimentas. Elas são obrigadas a se vestir com a ?burca?, uma espécie de bata longa que cobre todo o corpo, inclusive o cabelo e o rosto.

São proibidas de trabalhar e de estudar e só podem sair às ruas com o rosto totalmente coberto e sempre acompanhadas por um homem da família (pai, irmão ou marido).

Também é permitido que às mulheres sejam apedrejadas em caso de adultério e espancadas publicamente se não estiverem devidamente trajadas. Essas e outras imposições feitas pela milícia islâmica Taliban, que em setembro de 1996 conquistou Cabul -  a capital do país, e institui a Sharia, a lei islâmica, fazem com que às mulheres sejam totalmente excluídas da sociedade, servindo apenas como fazedoras dos afazeres domésticos e procriadoras.

Leia também

A cultura determina hábitos alimentares de muitos povos Morte para alguns significa pranto, para outros é motivo de risos O corpo fala Hábitos alimentares dos povos O drama das mulheres muçulmanas Ratos: temidos por uns e adorados por outros

veja também