ONG propõe "Um dia sem almoço" para alertar sobre a fome no país

ONG propõe "Um dia sem almoço" para alertar sobre a fome no país

Atualizado: Terça-feira, 24 Agosto de 2010 as 4:32

Você lembra o que você almoçou ontem? 14 milhões de brasileiros passam fome regularmente (equivalente a 6,5% dos domicílios identificados como em estado de insegurança alimentar grave). 11,1% dos domicílios rurais apresentam quadro de fome. 34,8% dos domicílios brasileiros apresentam quadro de insegurança alimentar.

Agora imagina como isso pode prejudicar o futuro de uma criança e por consequencia o futuro do Brasil?

A ação promovida pela ONG AMOR É UM MOVIMENTO - UM DIA SEM ALMOÇO visa conscientizar as pessoas sobre a diferença que um simples almoço pode fazer na vida de pessoas que não tem essa mesma sorte que muitos de nós. O objetivo da campanha é alertar as pessoas sobre a fome no país.

No dia 30 de setembro voluntários da AEUM estarão espalhados pelas ruas da cidade, pedindo as pessoas que doem o dinheiro do seu almoço para a ONG e fique somente um dia sem comer para ter uma pequena experiência e entender como milhares de pessoas ficam dia após dia, além de inspirar outras pessoas a fazer o mesmo.

Os voluntários estarão na Avenida Paulista em São Paulo às 13 horas, além de pontos estratégicos nos estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais."Queremos que as pessoas sintam na pele a fome que muitas pessoas passam no Brasil e que essa experiência seja a motivação para que possamos mudar essa realidade”, resumiu Jota Mossadihj diretor e idealizador do projeto.

Apesar dos grandes avanços econômicos, sociais e tecnológicos, a falta de comida para milhares de pessoas no Brasil continua. Esse processo é resultado da desigualdade de renda, a falta de dinheiro faz com que cerca de 32 milhões de pessoas passem fome, mais 65 milhões de pessoas que não ingerem a quantidade mínima diária de calorias, ou seja, se alimentam de forma precária. O problema é grande, a solução não é tão simples, mas ela existe.

O dinheiro arrecadado durante a ação será doado para a organização Actionaid que trabalha em mais de 40 países para vencer a pobreza há 38 anos. A Actionaid tem desenvolvido trabalhos em parceria com grupos e organizações locais de comunidades pobres para construir alternativas de superação das dificuldades e garantir o acesso destas populações aos direitos básicos como alimentação, saúde, moradia, educação, igualdade entre homens e mulheres, raças e etnias.

veja também