Os Dez Mandamentos de quem Oferece Carona

Os Dez Mandamentos de quem Oferece Carona

Atualizado: Quarta-feira, 6 Fevereiro de 2008 as 12

Ministério da Carona 

Os Dez Mandamentos de quem Oferece Carona

Por Myrian Rosário - [email protected] 

Oferecer carona pode ser uma bênção ou causar inúmeros transtornos que podem ser evitados se algumas regrinhas básicas forem observadas pelo dono do carro. Preste atenção nessas dicas:

1. A regra básica é: homem com homem, mulher com mulher. Ou seja, não é recomendável que um homem casado, que tenha ido à igreja sozinho, ofereça carona para uma mulher sozinha, a menos que ela tenha idade para ser avó dele. A mesma regra se aplica aos solteiros comprometidos. As mulheres crentes casadas com maridos incrédulos devem ser transportadas por famílias ou mulheres, nunca por homens crentes, mesmo que haja mais de um no carro e que um deles seja o pastor da igreja; 

2. Quando houver mais de uma pessoa de carona, siga um roteiro de modo que o último passageiro a sair do carro seja alguém do mesmo sexo; 

3. Seja sincero sempre! Quando não for conveniente para você dar carona àquele seu passageiro habitual, não fique fugindo dele. Explique a situação e pronto. Nossa palavra deve ser sempre "sim sim, não não", lembra-se? 

4. Evite discutir assuntos pessoais com as pessoas da sua família ou amigos íntimos na presença do carona; 

5. Evite permanecer o tempo todo em silêncio para que o carona não se sinta como quem está incomodando; 

6. Não fique pendurado no celular. Além de não ser elegante, é contra as leis de trânsito; 

7. Manere no volume do som. Nem todos têm o mesmo gosto musical e não é porque estão de carona que as pessoas têm que suportar a sua "discoteca ambulante"; 

8. Manere na velocidade. Seja o mais cauteloso que puder. A carona tem que ser algo agradável e não uma aventura sobre quatro rodas; 

9. Aproveite o percurso para conhecer melhor as pessoas, falando e fazendo perguntas sobre as suas experiências com Deus; 

10. Sempre que possível, procure deixar as pessoas bem próximas de suas casas. Alguns quarteirões são uma distância insignificante para quem está de carro, mas podem representar um grande sacrifício quando se está caminhando, principalmente, com crianças no colo ou salto alto.

veja também