Paquistão: Governo concede cotas de emprego para minorias

Paquistão: Governo concede cotas de emprego para minorias

Atualizado: Terça-feira, 6 Outubro de 2009 as 12

Mian Shahbaz Sharif, ministro da Província paquistanesa de Punjab, aprovou uma cota de vagas de emprego no governo da província, direcionada para as minorias do país.

Sharif aprovou a cota de empregos para a minoria devido aos esforços de Kamran Michael, ministro para as minorias e direitos humanos.

Acredita-se que, inicialmente, o governo considerava oferecer 2 ou 3% para as minorias, mas depois concordou em estipular a cota de 5%, depois que integrantes da minoria expressaram sua discordância em relação à proposta.

A aprovação da cota de 5% para os não muçulmanos (cristãos, em sua maioria), chega meses depois de o governo federal ter aprovado a mesma cota para os cristãos em todas as áreas de trabalho, por causa dos esforços do Ministro federal para as minorias do Paquistão, Sr. Shahbaz Bhatti (Leia mais).

''O Paquistão é uma federação. Depois do anúncio da aprovação das cotas para as minorias feito pelo governo federal, era obrigatório que todos os governos das províncias fizessem o mesmo'', disse o professor Anjum James Paul, ativista de direitos humanos e palestrante em ciências políticas.

veja também